Notícias

23/11/2018 às 16:20

Workshop reúne empresas signatárias do Compromisso

Workshop reúne empresas signatárias do Compromisso

Aquasfera

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) realizou nesta sexta-feira (23) o 1º Workshop do Compromisso Empresarial Brasileiro para a Segurança Hídrica. O encontro reuniu representantes das empresas signatárias do documento, que trocaram suas experiências sobre seus projetos para o cumprimento das metas estabelecidas pelo Compromisso.

A programação foi conduzida pelo coordenador da Câmara Temática de Água do CEBDS, Felipe Cunha, que organizou o conteúdo das atividades. Ao longo do encontro foram realizadas diversas dinâmicas entre os participantes, que tiveram como objetivo principal promover a troca de ideias e identificar sinergias entre as empresas signatárias.

“Identificarmos neste encontro diversas oportunidades de colaboração entre as empresas que fazem parte do Compromisso. A ideia é fazermos workshops periódicos para que essa integração se torne mais efetiva. Obtivemos um resultado muito positivo aqui”, avaliou Cunha.

O Compromisso Empresarial Brasileiro para a Segurança Hídrica foi proposto pelo CEBDS e assinado durante o 8º Fórum Mundial da Água, em março de 2018, no Rio de Janeiro. No documento, 20 grandes grupos empresariais signatários se comprometem com o desenvolvimento de soluções para a melhor gestão de recursos hídricos em suas atividades, com base em seis metas estabelecidas e resultados a serem alcançados até 2025.

Um dos consensos entre os participantes do workshop foi a necessidade de as empresas colaborarem mais entre si em busca de soluções práticas para a questão da segurança hídrica em suas atividades. A gerente de Sustentabilidade da Coca-Cola, Flavia Neves, citou como exemplo o projeto Reciclar pelo Brasil, realizado pela empresa em parceria com a Ambev, para o reaproveitamento de resíduos. Segundo a executiva, o Compromisso é uma oportunidade de realizar iniciativas semelhantes com foco na segurança hídrica.

Já Klaus Gutierrez De Carli, gerente industrial da Vedacit, lembrou que a empresa já desenvolve um trabalho colaborativo voltado para inovação, por meio da aceleração de startups na cadeia de valores da empresa. Para André Ramalho, especialista de Sustentabilidade da Braskem, “um dos grandes desafios das empresas participantes é tornar tangíveis suas propostas para que o trabalho tenha continuidade”.

“Há um evidente interesse das empresas em fazer um trabalho colaborativo. É muito bom esse nível de adesão que conquistamos aqui e temos muito a avançar juntos”, disse Ana Carolina Szklo, diretora de Desenvolvimento Institucional do CEBDS.

 

Galeria de Mídias