Rumo ao desenvolvimento sustentável: Programa Crescer da Anglo American fortalece jovens e empreendedores rurais

Data: 08/08/2017
Area: Comunicação, Social
Autor:
Categoria: Social

Desde sua implantação, em 2013, o Crescer já beneficiou 242 empreendedores rurais e urbanos de Alvorada de Minas, Conceição do Mato Dentro, Dom Joaquim e Serro, em Minas Gerais. Em pouco mais de três anos de atividade, a iniciativa ofereceu capacitações e assessorias presenciais para auxiliar os participantes a aprimorar os processos de seus negócios e a acessar oportunidades de investimento e fontes de financiamento de baixo custo. Como resultado, houve mobilização de R$ 1 milhão em financiamentos e crédito e um aumento de 14% no nível de maturidade dos empreendimentos participantes – medido a partir da avaliação de parâmetros como estratégia, finanças, operações, marketing e gestão de pessoas.

Em 2017, entramos em uma nova fase do Programa, em parceria com a Technoserve e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Vamos beneficiar diretamente cerca de 1.300 pessoas, entre produtores de leite e queijo, horticultores, apicultores, empresários do ramo do turismo, servidores públicos, além de jovens moradores de áreas rurais.

A Anglo American trabalha diretamente com 7 ODS

Nas linhas a seguir, você confere como os próximos três anos da iniciativa, com esforços nas mais diferentes frentes, se relacionam diretamente com nada menos do que sete dos 17 ODS:  Erradicação da Pobreza (ODS 1), Fome Zero (ODS 2), Emprego Digno e Crescimento Econômico (ODS 8), Redução das Desigualdades (ODS 10), Consumo e Produção Responsáveis (ODS 12), Ação Contra a Mudança Global do Clima (ODS 13) e Vida Sobre a Terra (ODS 15).

São ações que contribuem para reduzir a proporção de pessoas que vivem na pobreza, aumentam a atividade agrícola e a renda de pequenos produtores, promovem o desenvolvimento sustentável da renda da população mais pobre e iniciativas para o empreendedorismo e empregabilidade para jovens. Não obstante, o Programa também estimulará práticas de compras públicas e turismo sustentáveis. No tocante à preservação do meio ambiente, as atividades contemplam uma abordagem que incentiva a gestão eficaz, a adoção das melhores práticas de resiliência para lidar com as mudanças climáticas e a conservação, recuperação e uso sustentável de ecossistemas terrestres e de água doce. Até 2019, os participantes serão beneficiados com novas práticas técnicas e gerenciais, através dos treinamentos e capacitações.

Novos rumos para o Crescer

Para os empreendedores rurais, o foco é o desenvolvimento dos negócios com base em diagnósticos e por meio de capacitações e assessorias técnicas. Já para os jovens que moram nas áreas rurais, a proposta contempla capacitações e atividades sobre temas como empreendedorismo e preparação para o mercado de trabalho. Até 2019, a expectativa é que 1.057 jovens rurais participem das atividades do Programa.

Além disso, o Programa também contempla o envolvimento do poder público, com o incentivo à adoção da Lei Geral, que regulamenta o tratamento favorecido, simplificado e diferenciado para micro e pequena empresas e microempreendedores individuais, como estratégia de geração de emprego, distribuição de renda, inclusão social, redução da informalidade e fortalecimento da economia local. Nesta frente de atuação do Crescer, são 21 servidores públicos das Prefeituras de Alvorada de Minas, Conceição do Mato Dentro, Dom Joaquim e Serro diretamente envolvidos. A valorização do produtor local, o monitoramento do nível de efetividade dos benefícios da Lei Geral, o fortalecimento das práticas de desburocratização e a assistência ao microempreendedor individual estão entre as atividades que serão realizadas no Programa.

No campo do turismo, o Crescer elaborou um diagnóstico sobre a atividade na região de Conceição do Mato Dentro e, a partir dele, construiu um plano de trabalho para incentivo ao setor. Cerca de cem empresários do setor, incluindo empresas de transporte, alimentação e hospedagem, estão sendo envolvidos nas atividades do plano de trabalho, que contempla a criação de um roteiro-padrão para o turismo na cidade, que é considerada a Capital Mineira do Ecoturismo.

Como um todo, a nova etapa do Programa também alcançará outras 5.116 pessoas direta e indiretamente, que serão beneficiadas nas atividades extensivas à comunidade e aos familiares dos participantes.

De olho no futuro, as metas do Programa Crescer são ambiciosas. Até 2019, elas visam contribuir para:

– manutenção de 650 postos de trabalho e a criação de, pelo menos, 15 empregos na região;

– aumento de 20% das vendas e uma abertura de novos mercados 50% superior para os produtores rurais.

Para nos inspirarmos para o futuro com a boa experiência que já tivemos, abaixo você confere como o Crescer já mudou a vida de muitos empreendedores na região de Conceição do Mato Dentro.



Ruben Fernandes

Informações do Autor

Ruben Fernandes

Em seu cargo de presidente da Anglo American Brasil, Ruben conduz os negócios de níquel e minério de ferro (minas-rio). Antes de ingressar na Anglo American, foi diretor de mineração na Votorantim Metais no Brasil, responsável por projetos e atividades de exploração ao redor do mundo.