Aegea aposta na eficiência do uso da água e restauração florestal para reduzir emissões

Data: 27/01/2017
Area: Água, Clima, Comunicação
Autor:
Categoria: Água, Clima

Por ser uma empresa voltada para a gestão do saneamento básico, a Aegea tem como principal matéria prima a água. Um dos recursos fundamentais para o ecossistema, fortemente impactado pela mudança climática. Por essa razão, a companhia trabalha fortemente em prol da Segurança Hídrica e de ações de Impacto Positivo no Ecossistema. Saiba como:

SEGURANÇA HÍDRICA

Mais de 33 bilhões de metros cúbicos de água potável se perdem anualmente em todo o mundo nos sistemas de abastecimento de água. No Brasil, perde-se aproximadamente 2,2 bilhões de metros cúbicos de água tratada ao ano, devido aos vazamentos nas redes de distribuição.

Um dos grandes desafios das empresas de saneamento, no mundo todo, é o controle de perdas de água. Pensando nisso, a Aegea criou o novo Sistema de Gestão e Controles de Perdas (GCP), que inclui procedimentos para toda a rede de distribuição, desde o instante em que a água sai da estação de tratamento até a chegada ao usuário final.

O GCP conta com uma equipe especialmente treinada para detectar e combater perdas de água tratada, sendo responsável pela implantação de um modelo padronizado, com a missão de alcançar índices diferenciados de perdas no sistema. Para exemplificar os resultados alcançados, na Águas Guariroba, concessão da Aegea em Campo Grande (MS), a companhia reduziu as perdas de água de 60% para 19%, utilizando as ferramentas trabalhadas pelo sistema de GCP.

 

Ref: Águas Guariroba – Campo Grande

Ainda relacionado à distribuição da água, a Aegea criou o GEE (Gestão de Eficiência Energética), sistema desenvolvido com foco na gestão da eficiência energética dos sistemas de distribuição de água. Abaixo segue o gráfico com os resultados obtidos a partir da implantação do sistema de Gestão de Eficiência Energética em Campo Grande.

Ref: Águas Guariroba – Campo Grande

 

IMPACTO NO ECOSSISTEMA

A Lagoa de Araruama, na região dos lagos do Rio de Janeiro, sofria com os impactos ambientais provocados pela falta de coleta e tratamento de esgoto. A lagoa, que antes era o principal cartão postal da região, chegou ao colapso ambiental. Com o trabalho da Aegea, o esgoto que antes era lançado diretamente na lagoa, passou a ser captado e transportado até as estações de tratamento. Além de reverter à situação preocupante em que se encontrava a Lagoa Araruama, o turismo retornou à região e os muitos pescadores que retiram seu sustento da Lagoa voltaram a desfrutar deste ecossistema.

Lagoa Araruama: antes e depois

Outro projeto relevante que a Aegea apoia com impacto no ecossistema é a restauração florestal na Bacia Lagos São João, elaborado em conjunto com o Comitê de Bacias, Consórcio Lagos São João e Concessionária Águas de Juturnaíba. A proposta principal é identificar quem têm áreas disponíveis para plantio e pessoas ou empresas que precisam plantar.

Por meio do programa, já foram plantadas quase 100 mil mudas no entorno do Reservatório Juturnaíba, o principal reservatório de abastecimento de água da Região dos Lagos. Além disso, o projeto cadastrou mais de 200 hectares para reflorestamento.

 

Programa realiza ação de restauração florestal no entorno do Reservatório Juturnaíba

A Prolagos, concessionária Aegea situada na região dos lagos do Rio de Janeiro, trabalha também com o inventário de Gases do Efeito Estufa. Estes inventários são instrumentos que permitem analisar a quantidade, natureza e localização das emissões que ocorrem numa determinada área, durante um período de tempo. Os resultados dos inventários evidenciam os setores de atividade e os locais responsáveis pelas maiores emissões de poluentes para a atmosfera, de modo a auxiliar os tomadores de decisão na seleção de estratégias de redução de emissões. Desde 2011, a Prolagos vem trabalhando na quantificação destes gases buscando minimizar os impactos no meio ambiente.

A Aegea tem em seu DNA diversos projetos socioambientais, se comprometendo a trabalhar cada vez mais focada no cuidado com o meio ambiente e nos impactos decorrentes das mudanças climáticas, implantando ações e medidas fundamentais para o atingimento das metas estabelecidas pelo Governo Federal.

 



Yaroslav Memrava Neto

Informações do Autor

Yaroslav Memrava Neto

Graduado em Administração de Empresas e Pós-graduado em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA – USP, especializou-se na área de planejamento financeiro relacionado a três grandes setores de infraestrutura: saneamento, rodovias e energia. Atuou no período compreendido entre os anos de 2008 a 2010 na CIBE Participações e Empreendimentos S.A., grupo especializado em obras e projetos de infraestrutura, na área de planejamento, com especial enfoque em orçamento, valuation e M&A. Em 2011, atuou no Banco Sumitomo Mitsui do Brasil. Ingressou na Aegea em Novembro de 2011 e, atualmente, atua como membro dos Comitês Financeiro e de Avaliação de Projetos da Companhia.