O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Luiz Augusto Barroso, sublinhou dois temas que foram amplamente debatidos na 22ª Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (COP22): precificação de carbono e eficiência energética. Para ele, ambos os assuntos estão vinculados e precisam ter seus benefícios econômicos melhor traduzidos para serem de fato colocados em prática pelas empresas, governos e investidores. Assista!