Empresas

Amaggi

Veja todas as Empresas Associadas

O Grupo Amaggi é formado por empresas brasileiras originariamente dedicadas à produção agrícola. O Grupo atua também na originação, comercialização de grãos e insumos, no processamento de soja, na geração de energia elétrica, no transporte fluvial e nas operações portuárias. Fundado em 1977, está presente em todas as regiões do país e conta, inclusive, com unidades na Holanda, Noruega, Suíça e Argentina. A companhia é integrada por quatro divisões de negócio: Amaggi; Divisão Agro; Divisão Navegação; e Divisão Energia. Além disso, no campo social, a Fundação André Maggi apoia as comunidades onde o Grupo atua e interage, direta ou indiretamente, com a população local. A missão da área de Sustentabilidade e Responsabilidade Social é permear a sustentabilidade no processo de gestão dos negócios, por meio do gerenciamento de impactos econômicos, sociais e ambientais. 

Saiba mais sobre o Amaggi

Projetos Relacionados

Parceria Empresarial pelos Serviços Ecossistêmicos

O programa busca capacitar as empresas para utilização da Ecosystem Services Review (ESR), ferramenta que avalia o impacto e a dependência da atividade produtiva sobre os recursos naturais
Veja todos os Projetos

Notícias Relacionadas

O primeiro protocolo mundial de Capital Natural é lançado

21/07/2016
Representantes de mais de 160 das principais organizações do mundo, abrangendo negócios, finanças, contabilidade, academia e política, se reuniram na última semana, em Londres, para celebrar o lançamento do primeiro protocolo mundial de Capital Natural. O Protocolo foi elaborado pela Natural Capital Coalition, uma coalizão que tem como um de seus fundadores o World Business […]

Workshops da CTSocial

24/04/2015
O CEBDS promoveu no último mês o primeiro, dos quatro workshops que irão acontecer esse ano, na Câmara de Impacto Social. O foco desse encontro foi nas indústrias de bens de consumo.

Retrospectiva 2013: Agenda do CEBDS com foco em grandes temas

20/12/2013
Em 2013, temas como a mensuração da sustentabilidade e a incorporação das externalidades nos produtos e processos, a adaptação às mudanças climáticas e a defesa da diversificação da matriz elétrica nacional estiveram na agenda do CEBDS
Veja todas as noticias