Notícias

13ª edição do Prêmio Alcoa

Data: 17/09/2015

Área:

 

O Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio está em sua 13ª edição e acaba de iniciar as inscrições. Aberta para profissionais e estudantes de diversas áreas, a premiação tem como objetivo incentivar ideias inovadoras e sustentáveis com o uso do alumínio. A participação é gratuita e o prazo final para se inscrever é 23 de outubro.

Nas 12 edições anteriores, 230 instituições de ensino participaram e mais de 2.000 projetos  foram inscritos. Desde 2002, o prêmio já consagrou mais de 30 estudantes e profissionais de diversas áreas, como arquitetura, urbanismo, design e engenharia. “Para a Alcoa, incentivar ideias inovadoras é fundamental para desenvolver soluções que tragam melhorias para a sociedade em que vivemos. Com o Prêmio Alcoa, nós buscamos incentivar universitários e profissionais a trabalhar com pesquisa e desenvolvimento, pensando em deixar um legado de sustentabilidade para as próximas gerações”, afirma o presidente da Alcoa na América Latina, José A. Drummond.

“A 13ª edição do Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio, chega junto às comemorações dos 50 anos da Alcoa no Brasil. O momento é especial, pois reafirma o compromisso da Alcoa com o país e com a inovação”, declara o presidente.

Podem concorrer ao prêmio estudantes universitários e profissionais. Para participar da categoria Estudante, os interessados têm de estar em cursos de nível superior, graduação ou pós-graduação e ter 18 anos ou mais. Os projetos apresentados devem ser produzidos em equipes com, no máximo, quatro integrantes e contar com a orientação de um professor da mesma instituição.

Na categoria Profissional, podem se inscrever pessoas que trabalhem com desenvolvimento de projetos e que já atuam no mercado de trabalho. A equipe participante deve ter entre dois e quatro integrantes. É necessário que pelo menos um deles tenha formação em nível superior; os demais podem ter formação superior ou experiência profissional de no mínimo três anos. O processo de inscrição para as duas categorias deve ser feito por meio do preenchimento de um cadastro no site www.alcoa.com.br.

A avaliação dos projetos é feita em duas etapas. Na primeira, é analisada a descrição por uma Comissão de Seleção formada por no mínimo cinco e no máximo 11 profissionais da Alcoa. Nesta fase são levados em consideração os seguintes critérios: consistência das informações preenchidas no Relatório Descritivo, grau de inovação da proposta e o potencial de aplicabilidade e de sustentabilidade. São selecionados cinco projetos em cada categoria.

Na segunda etapa, as dez equipes selecionadas – cinco de cada categoria – irão desenvolver protótipos para serem apresentados ao Comitê de Premiação, formado por cinco profissionais. São os avaliadores que definem os vencedores. Para a elaboração do protótipo, a Alcoa auxiliará com um valor de R$ 3 mil nesta fase.

A divulgação dos integrantes que passaram para a segunda fase ocorrerá após o dia 22 de janeiro de 2016. Todos os protótipos serão expostos ao público e o julgamento final, acontece no dia 13 de abril de 2016, quando também acontecerá o evento de premiação, aberto a convidados.

As 10 equipes finalistas recebem 45 smartphones Moto G (um para cada participante), além de um diploma. O grupo vencedor, tanto da categoria Profissional como da Estudante, recebe um troféu e um diploma para cada integrante, além do valor de R$ 20 mil em certificado de ouro.

Na categoria Estudante, o professor orientador do projeto vencedor receberá R$ 7 mil, diploma e troféu. Já a instituição de ensino do grupo vitorioso receberá R$ 10 mil em equipamentos didáticos. O regulamento completo pode ser acessado no site www.alcoa.com.br.

APOIO

A 13ª edição do Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio conta com o apoio institucional das principais entidades do setor, como Instituto de Engenharia (IE), Associação de Ensino/Pesquisa de Nível Superior em Design no Brasil (AEnD-BR), Associação dos Designers de Produto (ADP), Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM), Associação Brasileira das Empresas de Design (ABEDESIGN), Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Instituto Ethos,  Green Building Council Brasil (GBC Brasil) e apoio técnico da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL).

Outros esclarecimentos sobre o concurso poderão ser solicitados por meio do e-mail premioalcoa@alcoa.com.br.

Sobre a Alcoa no Brasil
Líder mundial em tecnologia, engenharia e fabricação de metais leves, a Alcoa inova em soluções multimateriais que fazem nosso mundo avançar. A Alcoa atua no Brasil há 50 anos e, além de operar minas de bauxita e refinarias de alumina, oferece uma ampla variedade de soluções inovadoras aos mercados do Brasil, entre as quais sistemas de construção e edificação, transporte comercial, bens de consumo, embalagens, produtos automotivos, aeroespaciais e químicos, petróleo e gás, além de máquinas e equipamentos industriais. Em 2014, foi escolhida pela oitava vez como uma das empresas-modelo pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Também foi reconhecida pela 13ª vez como uma das Melhores Empresas para Trabalhar, de acordo com o Great Place to Work Institute. Para mais informações, visite o site www.alcoa.com.br e siga @Alcoa no Twitter, em twitter.com/AlcoaBrasil, e no Facebook, em  facebook.com/AlcoaBrasil.



Empresas Relacionadas

Veja todas as Empresas

Eventos Relacionados

Entenda o que é Economia Circular de Água

O coordenador da Câmara Temática de Água, André Ramalho, explica em entrevista os principais conceitos sobre o tema e como aplicá-los.

A experiência de FURNAS com o reaproveitamento da água

O presidente de Furnas Centrais Elétricas, Ricardo Medeiros, participa da campanha #TodosJuntospelaÁgua com um artigo sobre a recente implementação de um sistema de reaproveitamento de água em uma subestação na Zona Oeste do no Rio de Janeiro.

Precisamos falar sobre água

Confira o artigo do gerente de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, Mario Pino, que fala sobre como cada vez mais empresas vêm investindo em novas formas do cuidado com a água. O texto faz parte da campanha digital #TodosJuntospelaÁgua.

Floresta (e responsabilidade) para quem quer água

Confira o artigo da gerente executiva da Reservas Votorantim, Frineia Rezende, sobre desperdício e o papel importante das floresta produtoras de água. O texto faz parte da campanha digital #TodosJuntospelaÁgua.

Saiba como a alta liderança da sua empresa pode se engajar com o tema água

Saiba mais como o Guia do CEO sobre Água poderá ajudar a alta liderança da sua empresa a ver a importância do tema água não apenas como insumo, mas como diferencial para os negócios.

Passos Largos e Urgentes para o Futuro

Leia o novo artigo da presidente do CEBDS, Marina Grossi, sobre o momento crucial, em que se voltam para a água os olhos não só da sociedade civil, e do terceiro setor, mas especialmente dos governos e das empresas. Confira!

Passos largos e urgentes para o futuro

Confira o artigo da presidente do CEBDS, Marina Grossi, publicado na revista Águas do Brasil que fala sobre como a escassez hídrica dos últimos anos no mundo tem feito com que a pauta da água suba rapidamente ao topo da lista de prioridades a serem tratadas com urgência.

A falta de acesso à água contribui para a desigualdade de gênero

Segundo a Unicef, se somarmos o tempo que mulheres e meninas gastam para coletar água, em todo o mundo, chegamos a inacreditáveis 200 milhões de horas por dia!

6 soluções de países diferentes contra a escassez de água

Muitos países já sofreram com secas e conseguiram contornar este cenário. O Brasil, com a união entre o poder público e privado, precisa se inspirar nesses casos internacionais bem-sucedidos. Conheça!

Energia solar já é realidade?

Confira mais um texto feito no âmbito da parceria entre o Secovi Rio e o CEBDS, por meio do Projeto de Eficiência Energética em Edificações (EEB Lab). Desta vez, falamos sobre energia solar!

Saiba como economizar energia em 5 passos

Você sabia que o setor de edificações consome mais energia elétrica do que a indústria? Saiba mais no post que faz parte da parceria do Secovi Rio com o Projeto de Eficiência Energética em Edificações (EEB Lab) e CEBDS.

Água e falta de participação social

"Hoje a agenda [de água] enfraqueceu, justo quando deveria ser tema central, uma vez que a água será o recurso mais afetado pelas mudanças climáticas. A ONU estima que, até 2030, o deficit entre demanda e oferta deve alcançar 40%". Clique e confira mais sobre o artigo da presidente do CEBDS no Correio Braziliense.

Um novo amanhã é possível – Conheça o CEBDS!

Mais do que nunca, é hora de reunirmos as pessoas, empresas e governos para construirmos um novo amanhã.

Entenda o que é aquecimento global

Você já deve ter ouvido as palavras “efeito estufa”, “aquecimento global” e “mudança climática” por aí, mas você sabe realmente o que são? O nosso planeta está sofrendo hoje as consequências de um processo que o ser humano começou há séculos atrás.

Manual de compras sustentáveis: como proceder?

Veja um manual de como as empresas devem proceder para incluir os critérios de sustentabilidade ao realizar suas compras. Confira!

O que é Capital Natural?

Hoje somos afetados pelos impactos causados ao nosso modo de vida, devido ao mau uso desses recursos, sendo necessário repensar a maneira como lidamos com os recursos naturais. Conheça o conceito de Capital Natural e entenda o valor dos recursos naturais em relação a um produto ou serviço.

Carta aberta ao presidente Temer

Em artigo publicado na Folha de S. Paulo, Israel Klabin direciona uma carta ao presidente da República solicitando a não ratificação das MPs 756 e 758. Confira!

Industrialização Inclusiva X Negócios

A presidente do CEBDS, Marina Grossi, fala em entrevista exclusiva à FIESP sobre a industrialização inclusiva como forma de integrar o desenvolvimento sustentável em seu negócio. Confira a entrevista.

Sustentabilidade é bom negócio

Confira o artigo da presidente do CEBDS, Marina Grossi, publicado no jornal O Globo.

Sustentabilidade Urbana: uma nova agenda para as cidades

A construção de cidades mais sustentáveis é um desafio que só pode ser alcançado com base em modelos modernos e inovadores, capazes de construir instrumentos de congregação dos esforços da esfera pública com as forças da sociedade civil e da iniciativa empresarial.

Entenda a NDC brasileira

Assista ao vídeo produzido pelo CEBDS com o apoio do We Mean Business e entenda as metas da Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês) brasileira.

Quais são as metas do Brasil para o Acordo de Paris?

Entenda o papel da NDC brasileira nessa jornada e por que ela é tão importante para obtenção de resultados concretos rumo ao desenvolvimento sustentável. Confira!

Gestão de Recursos Hídricos: o que é e como aplicar em minha empresa?

Uma importante questão é que a gestão de recursos hídricos vai muito além do simples racionamento ou economia. Trata-se de mapear riscos e oportunidades que englobam o tema.

Títulos verdes no Brasil

Confira o novo artigo da presidente do CEBDS, Marina Grossi, no site do Projeto Colabora sobre como os gestores estão se unindo para estruturar o mercado brasileiro de investimentos em projetos ambientais.

Trabalhar pelo Acordo de Paris: um compromisso do Brasil

Compete ao CEBDS ser o combustível para incitamos nossas empresas associadas a mostrar suas ações realizadas para ajudar o Brasil a honrar os compromissos assumidos no âmbito do Acordo de Paris e, também, a convocar outras empresas para fazer o mesmo. Conheça mais sobre a corrente #JuntosPeloClima.

Siemens neutralizará sua emissão de CO2 até 2030

Além de apoiar seus clientes, a Siemens estabeleceu o objetivo de ser a primeira empresa industrial do mundo a conseguir atingir a pegada de carbono zero até 2030 em sua própria operação. Saiba sobre essas e mais ações na corrente #JuntosPeloClima.

Unilever mostra que atuação sustentável impulsiona crescimento

De 2008 a 2015, a Unilever reduziu em 36,09 % a emissão de gases de efeito estufa (GEE) e o consumo de água, além de diminuir em 95,36% a geração de resíduo por tonelada produzida. Saiba mais ações sobre as ações da empresa na corrente #JuntosPeloClima.

Mais eólicas para o Brasil alcançar as metas do Acordo de Paris

FURNAS apostou na diversificação das fontes de energia, limpas e renováveis, que apresentam uma boa relação risco x rentabilidade e contribuem para o crescimento sustentável da empresa e do Brasil. Saiba mais sobre essa e outras ações na corrente #JuntosPeloClima.

Mudanças climáticas e o papel de cada um

A Ticket Log criou dois programas que conversam ativamente com a questão das mudanças climáticas. Conheça essas ações e de outras iniciativas da empresa na corrente #JuntosPeloClima.

Como contribuímos para um mundo mais sustentável

Conheça as ações da CPFL Renováveis apresentada na corrente #JuntosPeloClima que contribuem para a implementação dos compromissos assumidos pelo Brasil em Paris, por meio da geração de energia por fontes alternativas (eólica, solar e biomassa).

Da fazenda ao porto e do porto para fora, AMAGGI incorpora sustentabilidade em seus negócios

Ao longo dos anos, a AMAGGI vem progressivamente incorporando a sustentabilidade em todas as suas áreas de negócios. Conheça as ações e métodos apresentados na corrente #JuntosPeloClima. Confira!

Energia segura e sustentável também para as áreas remotas do Brasil

Conheça o Programa de Acesso à Energia que a Schneider Eletric apresenta na corrente #JuntosPeloClima em prol do desenvolvimento sustentável de comunidades rurais e remotas, aumentando a eficiência energética e diminuindo a emissão de gases de efeitos estufa.

O papel do setor privado no desenvolvimento de um futuro sustentável

Conheça as ações e resultados que a Suzano Papel e Celulose apresenta na corrente #JuntosPeloClima tornando a matriz energética da empresa mais limpa, além de outras ações que contribuem para a construção de um mundo melhor.

Inovar e cocriar para proteger o clima

Conheça as metas e soluções que a BASF apresenta na ação #JuntosPeloClima no combate às mudanças climáticas. Clique e confira!

Nossos produtos, as suas escolhas e o clima do Planeta

O Grupo Boticário apresenta na corrente #JuntosPeloClima as ações da empresa e da sua Fundação que estimulam atitudes sustentáveis impactando diretamente no clima no Planeta.

Emissões evitadas de carbono do Legado das Águas/Votorantim somam U$ 14 milhões

A Votorantim apresenta na corrente #JuntosPeloClima o Legado das Águas, a maior reserva privada de Mata Atlântica e uma importante contribuição para o planeta.

Aegea aposta na eficiência do uso da água e restauração florestal para reduzir emissões

Conheça os projetos e sistemas que a Aegea apresenta na corrente #JuntosPeloClima em prol da segurança hídrica e de ações de impacto positivo no ecossistema.

Monsanto fornece hidrogênio para reduzir emissão de gás carbônico na Bahia

Conheça as ações e as metas que a Monsanto apresenta na corrente #JuntosPeloClima que pavimentam o objetivo de chegar a 2021 com uma produção totalmente neutra na emissão de carbono.

Vale: a mineração se reinventa

Conheça os projetos e as ações que a Vale apresenta na corrente #JuntosPeloClima que agregam soluções alinhadas aos esforços mundiais de redução das emissões de GEE e da manutenção de uma gestão equilibrada dos recursos naturais nos processos.

Brasil Kirin aposta em iniciativas para reduzir emissões de CO2

Conheça as iniciativas que a Brasil Kirin apresenta na corrente #JuntosPeloClima que contribuem para reduzir a emissão de CO2 entregando benefícios para todo o planeta.

A Alcoa está comprometida com mitigação e adaptação às mudanças climáticas

Conheça as ações que a Alcoa apresenta na corrente #JuntosPeloClima que contribuem com os esforços nacionais e globais de redução dos impactos das mudanças climáticas.
Veja todos os eventos