Notícias

Seminário discute Mobilidade Urbana

Data: 27/01/2016

Área: Logística e Transportes

Campinas recebeu, no último dia 27 de janeiro, o seminário “Os Desafios da Mobilidade Urbana”. O Seminário foi realizado pela organização internacional World Business Council for Sustainable Development (WBCSD – Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, na sigla em Inglês), com coordenação do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), em parceria com o WRI Brasil Cidades Sustentáveis. O evento reuniu vários especialistas, que discutiram temas relacionados com a Mobilidade Urbana, tendo como foco soluções sustentáveis.

Entre os presentes estavam o prefeito de Campinas, Jonas Donizette; o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro; Stephan Herbst, co-presidente do projeto WBCSD; Paula Bisial, do governo de Buenos Aires; Ramon Victor Cesar, presidente da BHTrans; Adauto Farias, da SPTrans; Luis Antônio Lindau, diretor da WRI Brasil; Mário Batista, da Pirelli Brasil; Mónica Guerra Rocha, do CEBDS; representantes das secretarias do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Planejamento e Desenvolvimento Urbano; entre outros presentes.

As apresentações, abordaram temas como Mobilidade Sustentável, BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus da Trânsito Rápido), bicicletas compartilhadas, mobilidade elétrica e car-sharing. O secretário Carlos Barreiro fez uma apresentação do projeto de parceria entre a Emdec e o WBCSD; e sobre o Plano de Mobilidade Urbana para o município. O Seminário marca o encerramento do Projeto de Mobilidade Sustentável 2.0 (SMP 2.0) realizado em parceria entre Emdec e o WBCSD.

Segundo Mónica Guerra, coordenadora da Câmara de Mobilidade do CEBDS: “não podemos repetir os erros do passado, precisamos priorizar e hierarquizar os modais. Um planejamento de qualidade necessita olhar os diversos atores que envolvem uma cidade, a união do setor público, privado e população.”

Segundo o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, o Plano Viário de Campinas  está sendo projetado para os próximos 25 anos. Barreiro apresentou o Rapidão, sistema de BRT que será implementado na cidade, e enfatizou:  “um problema de mobilidade urbana não tem apenas uma solução. Uma solução que parece boa, mas que foi escolhida errado, pode prejudicar as outras que vêm a frente. Estamos desenvolvendo planos que nos permitem ter um olhar para o futuro”.

O prefeito  Jonas Donizette celebrou a parceria com o WBCSD e a chance de melhorar a qualidade do transporte coletivo de Campinas a partir da perspectiva do usuário. “Quem lida com o setor público sabe que tão importante quanto implementar a ideia é pensar e discutir com a população para que ela possa ser positiva para todos. Foram muitas pessoas envolvidas para chegar no que estamos chegando agora. Cidades importantes estão discutindo esse assunto e Campinas agora também é uma delas”, destacou.

WBCSD

O WBCSD é uma organização internacional liderada por CEO’s de empresas inovadoras, que cria um futuro sustentável para os negócios, a sociedade e o meio ambiente. A organização desenvolve o Projeto de Mobilidade Sustentável 2.0 (SMP 2.0).

Apenas seis cidades do mundo participam do projeto. Campinas é a única das Américas, que se junta neste projeto à Lisboa (Portugal), Hamburgo (Alemanha), Chengdu (China), Bangcoc (Tailândia) e Indore (Índia).

A Emdec firmou parceria com o WBCSD em 2014, com o objetivo de estudar planos robustos de Mobilidade Sustentável para o município.

Soluções

Os estudos apontaram ações para melhorar as integrações entre diferentes modais de transporte público; melhorar as condições de trânsito atuais e no futuro; e dar apoio a implementação do projeto BRT.

Dentre as soluções apontadas estão: estudo de viabilidade do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos); ciclovias; sistema alimentador do transporte; aplicativo para horários e itinerários do ônibus online; terminais com serviços integrados; melhorias nas paradas de ônibus; prioridade de deslocamento do transporte público; sistema público de bicicletas; bicicletas integradas ao sistema de transporte coletivo; carona solidária; e sistema público de compartilhamento de carros.

O Projeto de Mobilidade Sustentável 2.0 vem apoiando a construção do Plano de Mobilidade Urbana do município. O SMP 2.0 tem o objetivo de lançar um olhar para os deslocamentos na cidade, num horizonte de dez anos, coincidindo com o Plano Diretor. Paralelamente, a Emdec também desenvolve o Plano Viário, pensando a mobilidade para 25 anos, ou seja, até 2040.



Publicações Relacionadas

Sustainable Urban Mobility

Ver publicação

Financing mechanisms for sustainable mobility

Ver publicação
Veja todas as publicacoes

Eventos Relacionados

Entenda a NDC brasileira

Assista ao vídeo produzido pelo CEBDS com o apoio do We Mean Business e entenda as metas da Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês) brasileira.

Quais são as metas do Brasil para o Acordo de Paris?

Entenda o papel da NDC brasileira nessa jornada e por que ela é tão importante para obtenção de resultados concretos rumo ao desenvolvimento sustentável. Confira!

Gestão de Recursos Hídricos: o que é e como aplicar em minha empresa?

Uma importante questão é que a gestão de recursos hídricos vai muito além do simples racionamento ou economia. Trata-se de mapear riscos e oportunidades que englobam o tema.

Títulos verdes no Brasil

Confira o novo artigo da presidente do CEBDS, Marina Grossi, no site do Projeto Colabora sobre como os gestores estão se unindo para estruturar o mercado brasileiro de investimentos em projetos ambientais.

Trabalhar pelo Acordo de Paris: um compromisso do Brasil

Compete ao CEBDS ser o combustível para incitamos nossas empresas associadas a mostrar suas ações realizadas para ajudar o Brasil a honrar os compromissos assumidos no âmbito do Acordo de Paris e, também, a convocar outras empresas para fazer o mesmo. Conheça mais sobre a corrente #JuntosPeloClima.

Siemens neutralizará sua emissão de CO2 até 2030

Além de apoiar seus clientes, a Siemens estabeleceu o objetivo de ser a primeira empresa industrial do mundo a conseguir atingir a pegada de carbono zero até 2030 em sua própria operação. Saiba sobre essas e mais ações na corrente #JuntosPeloClima.

Unilever mostra que atuação sustentável impulsiona crescimento

De 2008 a 2015, a Unilever reduziu em 36,09 % a emissão de gases de efeito estufa (GEE) e o consumo de água, além de diminuir em 95,36% a geração de resíduo por tonelada produzida. Saiba mais ações sobre as ações da empresa na corrente #JuntosPeloClima.

Mais eólicas para o Brasil alcançar as metas do Acordo de Paris

FURNAS apostou na diversificação das fontes de energia, limpas e renováveis, que apresentam uma boa relação risco x rentabilidade e contribuem para o crescimento sustentável da empresa e do Brasil. Saiba mais sobre essa e outras ações na corrente #JuntosPeloClima.

Mudanças climáticas e o papel de cada um

A Ticket Log criou dois programas que conversam ativamente com a questão das mudanças climáticas. Conheça essas ações e de outras iniciativas da empresa na corrente #JuntosPeloClima.

Como contribuímos para um mundo mais sustentável

Conheça as ações da CPFL Renováveis apresentada na corrente #JuntosPeloClima que contribuem para a implementação dos compromissos assumidos pelo Brasil em Paris, por meio da geração de energia por fontes alternativas (eólica, solar e biomassa).

Da fazenda ao porto e do porto para fora, AMAGGI incorpora sustentabilidade em seus negócios

Ao longo dos anos, a AMAGGI vem progressivamente incorporando a sustentabilidade em todas as suas áreas de negócios. Conheça as ações e métodos apresentados na corrente #JuntosPeloClima. Confira!

Energia segura e sustentável também para as áreas remotas do Brasil

Conheça o Programa de Acesso à Energia que a Schneider Eletric apresenta na corrente #JuntosPeloClima em prol do desenvolvimento sustentável de comunidades rurais e remotas, aumentando a eficiência energética e diminuindo a emissão de gases de efeitos estufa.

O papel do setor privado no desenvolvimento de um futuro sustentável

Conheça as ações e resultados que a Suzano Papel e Celulose apresenta na corrente #JuntosPeloClima tornando a matriz energética da empresa mais limpa, além de outras ações que contribuem para a construção de um mundo melhor.

Inovar e cocriar para proteger o clima

Conheça as metas e soluções que a BASF apresenta na ação #JuntosPeloClima no combate às mudanças climáticas. Clique e confira!

Nossos produtos, as suas escolhas e o clima do Planeta

O Grupo Boticário apresenta na corrente #JuntosPeloClima as ações da empresa e da sua Fundação que estimulam atitudes sustentáveis impactando diretamente no clima no Planeta.

Emissões evitadas de carbono do Legado das Águas/Votorantim somam U$ 14 milhões

A Votorantim apresenta na corrente #JuntosPeloClima o Legado das Águas, a maior reserva privada de Mata Atlântica e uma importante contribuição para o planeta.

Aegea aposta na eficiência do uso da água e restauração florestal para reduzir emissões

Conheça os projetos e sistemas que a Aegea apresenta na corrente #JuntosPeloClima em prol da segurança hídrica e de ações de impacto positivo no ecossistema.

Monsanto fornece hidrogênio para reduzir emissão de gás carbônico na Bahia

Conheça as ações e as metas que a Monsanto apresenta na corrente #JuntosPeloClima que pavimentam o objetivo de chegar a 2021 com uma produção totalmente neutra na emissão de carbono.

Vale: a mineração se reinventa

Conheça os projetos e as ações que a Vale apresenta na corrente #JuntosPeloClima que agregam soluções alinhadas aos esforços mundiais de redução das emissões de GEE e da manutenção de uma gestão equilibrada dos recursos naturais nos processos.

Brasil Kirin aposta em iniciativas para reduzir emissões de CO2

Conheça as iniciativas que a Brasil Kirin apresenta na corrente #JuntosPeloClima que contribuem para reduzir a emissão de CO2 entregando benefícios para todo o planeta.

A Alcoa está comprometida com mitigação e adaptação às mudanças climáticas

Conheça as ações que a Alcoa apresenta na corrente #JuntosPeloClima que contribuem com os esforços nacionais e globais de redução dos impactos das mudanças climáticas.
Veja todos os eventos