A “Corrida para Zero”: um chamado global para maior ambição climática

Data: 05/06/2020
Autor:

No Dia Mundial do Meio Ambiente, foi lançada a campanha Corrida para o Zero (“Race to Zero”) pelos Campeões do Clima do Reino Unido e do Chile (assim chamados os High-Level Climate Champions*), Nigel Topping e Gonzalo Muñoz, respectivamente. O objetivo da campanha é trazer líderes de países, cidades, empresas, investidores, academia e sociedade civil como um todo para se juntarem à maior coalizão de líderes comprometidos com um objetivo: zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050. 

Hoje pela manhã, no evento oficial de lançamento da campanha, eles trouxeram mensagens para que o mundo todo se engaje em uma corrida para um futuro mais justo, verde e resiliente. Nigel Topping convocou a todos, sociedade civil, empresas e governos, que se unam na busca por uma ambição maior que traga resultados rápidos e efetivos. Esses atores possuem a capacidade de mobilizar aliados e recursos (humanos, financeiros e mais) para pressionar governos a divulgarem suas metas de reduções cada vez mais ambiciosas e com clareza quanto aos passos para atingi-las. Mas, mais que isso, também são atores importantes para puxar a agenda e os valores no mundo todo.

“A pandemia é o desafio mais urgente hoje, mas a mudança climática é o desafio mais urgente da Humanidade como um todo.” – Patricia Espinosa, Secretária-Executiva da UNFCCC

Há a preocupação de que a crise pandêmica atual atrase o avanço de esforços políticos para a luta contra a mudança do clima. “A emergência climática não parou com a epidemia de Covid-19”, alertou Patricia Espinosa, Secretária-Executiva da UNFCCC. O planeta teve o segundo ano mais quente da história em 2019. E não há sinais de mudanças. A recuperação precisa ser sustentável e inclusiva e ela pode trazer grandes oportunidades de um retorno melhor, com a criação de empregos verdes após a epidemia de Covid-19, defendeu a Ministra Carolina Schmidt, Presidente da COP25. 

Uma das ações mais urgentes é a revisão e maior ambição das Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs na sigla em inglês), que trazem metas de reduções de emissões de gases de efeito estufa de cada país. As metas estabelecidas nas NDCs oferecem oportunidades para transparecer e indicar o caminho dos governos para zerarem as emissões até 2050. Por isso é tão importante que os avanços sigam mesmo durante a crise de Covid-19 por que passamos atualmente.

“Sustentabilidade não é uma opção; é a única forma de assegurarmos o futuro.” – Carolina Schmidt, Presidente da COP25

Para criar um impulso extra em torno da mudança climática para uma economia descarbonizada e a caminho da próxima Conferência do Clima da ONU, a COP26, as organizações comprometidas com a redução de suas emissões podem participar desta iniciativa. 

Mais informações no link: https://unfccc.int/climate-action/race-to-zero-campaign

A lista de critérios está disponível neste link: https://4bafc222-18ee-4db3-b866-67628513159f.filesusr.com/ugd/6d11e7_347e267a4a794cd586b1420404e11a57.pdf

*Os campeões engajam atores estatais e não-estatais no mundo todo para aumentar a ambição climática e fazendo a ponte com a Convenção-Quadro das Nações Unidas para a Mudança do Clima (UNFCCC).