Baía de Guanabara e a despoluição que não aconteceu

Data: 26/03/2019
Area:
Autor:
Categoria: Água

Vinte cinco anos após a assinatura do primeiro contrato, a Baía de Guanabara soma um legado de dívidas e descrédito e se torna  um cemitério de obras abandonadas, como afirma Sérgio Ricardo, um dos fundadores da ONG Baía Viva, se referindo às intervenções iniciadas nos últimos anos – e não finalizadas – que buscavam minimizar os efeitos do despejo de esgoto.

Segundo a Baía Viva, o estado perde R$ 50 bilhões por ano devido à falta de cuidados com o ecossistema da região. O sistema da lagoa de Jacarepaguá também sofre com despejo ilegal de dejetos e de resíduos sólidos.

Saiba mais: https://projetocolabora.com.br/saneamento/baia-de-guanabara-celebra-despoluicao-que-nao-aconteceu/

 



Informações do Autor

CEBDS