Você sabe o que é água de reuso?

Data: 04/10/2019
Autor:

Um dos mais importantes recursos naturais, a água é essencial para a sociedade e para os processos produtivos. Seja como componente bioquímico de seres vivos, como meio de vida de várias espécies vegetais e animais, como elemento representativo de valores sociais e culturais e como fator de produção de vários bens de consumo final e intermediário. As crises de abastecimento, no Brasil e no mundo, estão levando a sociedade a compreender que a gestão da água se tornou uma prioridade global.

As questões relacionadas ao risco hídrico, gestão de perdas, reutilização de água e novas tecnologias para mitigação desses riscos são temas cada vez mais recorrentes entre as empresas que buscam maior eficiência em seus processos. 

O que é o reúso da água?

Embora tenha ganhado maior atenção nos últimos anos, o conceito de reúso é bem antigo e remete a própria existência do ciclo natural da água, que normalmente considera a captação, utilização e descarte.

A água, porém, possui um mecanismo natural de circulação que a torna reutilizável várias vezes e para diversos fins. Partindo desse conceito, podemos definir reúso da água como o uso de efluentes tratados para fins benéficos, tais como irrigação, uso industrial e fins urbanos não potáveis. Antes de descartar a água, aproveitá-la ao máximo, utilizando técnicas eficientes de tratamento, para que a mesma água possa ser reutilizada várias vezes.

Razões para o reúso da água

Segundo o engenheiro ambiental Takashi Asano os motivos o reúso da água podem ser:

  • Reduzir a poluição nos cursos d’água,
  • Promover, à longo prazo, uma fonte confiável de abastecimento de água,
  • Gerenciamento da demanda de água nos períodos de seca.

Além disso, podemos acrescentar a lista de benefícios que vão vai desde a economia de água à contenção de recursos financeiros que a empresa poderá ter com a implementação dessas práticas. Alguns processos industriais podem atingir a capacidade de 97% de reúso da água.

Onde o reúso da água é mais indicado?

Desde o uso individual até o mais elevado nível de decisão empresarial, o reúso deve ser considerado em todos os ambientes. Em casa podemos reutilizar água descartada pela máquina de lavar roupas em vasos sanitários, ou mesmo para lavar quintal ou calçadas. Além disso, muitas cidades e prédios já utilizam água de reúso para a limpeza de ruas, áreas e em descargas de vasos sanitários. 

Mesmo sendo uma prática utilizada no nosso dia a dia reúso da água pode ser adotado nos mais diversos tipos de empresas, desde que haja uma avaliação especial caso a caso para a implementação desse processo. Confira algumas opções de atividades que consomem bastante água e podem utilizar água de reúso:

  • Refrigeração
  • Alimentação de Caldeiras
  • Água de processo
  • Construção pesada
  • Irrigação de áreas verdes
  • Lavagem de pisos e peças

A Água de reúso não precisa ser utilizada apenas nesses processos citados, mas também em qualquer atividade, desde que as características da água atendam aos requisitos de qualidade exigidos para aplicação do processo que se pretende.

O que eu preciso fazer antes de implantar técnicas de reúso?

Antes da implantação do reúso é necessária uma avaliação do potencial dessa prática para sua empresa. Essa avaliação levará em conta:

  • Qualidade da água disponível para captação,
  • O efluente gerado,
  • As aplicações pretendidas.

A partir dessas informações será possível fazer um balanço material, sendo imprescindível ter os dados sobre a qualidade e quantidade de água captada, e do efluente lançado para o meio ambiente. Será possível, então, determinar o volume de água perdido e incorporado aos produtos e quantidade de substâncias químicas adicionadas à água durante a sua utilização.