Brasil ganha destaque na Climate Week NYC 2020

Data: 18/09/2020
Autor:
Brasil ganha destaque na Climate Week NYC 2020

Sociedade brasileira participa da maior cúpula do clima do mundo com painéis que levam o país ao centro da discussão climática 

Para fomentar a discussão da retomada econômica verde e da inclusão e pluralidade na mobilização climática, o Instituto Clima e Sociedade (iCS) realiza e apoia a realização de debates em uma das maiores cúpulas do mundo sobre clima: a Climate Week NYC, de 21 a 27 de setembro. O tema da edição deste ano, realizada em associação com as Nações Unidas e a cidade de Nova York, será a reconstrução pós-Covid-19, com o objetivo de levar mais pessoas para o centro da ação climática e engajar o público com o compromisso de reduzir as emissões de carbono pela metade até 2030. Com transmissão global, a Climate Week NYC vai reunir líderes empresariais e governamentais, e especialistas de diversas áreas, que apresentarão ações climáticas inspiradoras e, juntos, buscarão encontrar maneiras de fazer mais para alcançar as metas globais de redução de emissões. 

O iCS estará presente em três painéis virtuais na Climate Week NYC, também em parceria com o CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável e com o Instituto Ethos. A transmissão será ao vivo, pelo YouTube do iCS e as inscrições, gratuitas, podem ser feitas aqui

A programação começa no dia 21 de setembro, com “Mobilidade em grandes cidades da América Latina”, que trará experiências sobre mobilidade urbana e suas contribuições para a qualidade de vida da população considerando a realidade da região. No dia 23, em “Recuperação verde: perspectivas do Brasil”, o debate será em torno das possibilidades para a implementação de uma economia de baixo carbono, considerando a atuação dos setores público e privado nos planos de recuperação econômica. 

No dia 24, o painel “Por uma ação climática mais ambiciosa: o poder da rede de mobilização” aborda a importância dos líderes subnacionais e atores não estatais para impulsionar os compromissos climáticos e como eles estão trabalhando para transformar planos em políticas reais e viáveis. O painel é uma parceira entre a Conferência Brasileira de Mudanças do Clima e a Climate Week NYC. 

Ainda abordando o tema de mobilização, o ISER promove, através da iniciativa Fé no Clima, uma discussão sobre o mudanças climáticas no contexto religioso, também no dia 24, trazendo cientistas e líderes religiosos – que têm grande poder de mobilização em suas comunidades. Outros eventos organizados por brasileiros podem ser encontrados na agenda completa da Climate Week.

PAINEIS DO BRASIL NA CLIMATE WEEK NYC 

MOBILIDADE EM GRANDES CIDADES DA AMÉRICA LATINA Dia 21/09 (segunda-feira), das 14h às 15h30 Palestrantes: Carolina Tohá – ex-prefeita de Santiago, Chile; Sergio Avelleda – diretor de Mobilidade Urbana, WRI Ross Center For Sustainable Cities; e Ilan Cuperstein – vice-diretor para a América Latina, C40 Cities. Moderação: Marcel Martin – coordenador do portfólio de Transporte, Instituto Clima e Sociedade Realização: iCS – Instituto Clima e Sociedade Exibição: Canal do YouTube do Instituto Clima e Sociedade 

Especialistas de cidades latino-americanas discutirão diferentes ações e projetos de mobilidade urbana e transporte que têm ajudado a reduzir a poluição do ar e também a melhorar a qualidade de vida da população. Além disso, como a pandemia Covid-19 demanda soluções para uma recuperação econômica verde, o debate joga luz sobre a urgência de abordar este tema sob a perspectiva da América Latina. 

RECUPERAÇÃO VERDE: PERSPECTIVAS DO BRASIL Dia 23/09 (quarta-feira), das 10h às 11h30 Palestrantes: Ana Toni – diretora-executiva, Instituto Clima e Sociedade; Marina Grossi – CEO, CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável; Joaquim Levy, ex-Ministro da Fazenda do Brasil; Gustavo Pimentel – líder da iniciativa Investidores para o Clima e Diretor da SITAWI. Moderação: Claire O’Neill, diretora de Clima & Energia, WBCSD (TBC) Realização: CEBDS + iCS Exibição: Canal do YouTube do Instituto Clima e Sociedade 

Este evento apresentará possibilidades de implementação de Planos de Recuperação com enfoque climático, considerando os setores público e privado. Antes mesmo da pandemia, legisladores de todo o mundo já trabalhavam em propostas de planos econômicos que levassem em conta as questões ambientais, esforço que se consolidou como o Green New Deal da União Europeia. A relevância da legislação e dos planos de governo que impulsionam a agenda climática ficou ainda mais evidente com a crise imposta pela pandemia do Covid-19. O papel do setor privado em acelerar seus planos para a economia de baixo carbono também se torna cada vez mais evidente. Como esses planos progrediram e quais são as perspectivas globais para sua implementação? 

POR UMA AÇÃO CLIMÁTICA MAIS AMBICIOSA: O PODER DA REDE DE MOBILIZAÇÃO Dia 24/09 (quinta-feira), das 17h20 às 18h10 Palestrantes: Flavia Resende – Instituto Ethos, líder na mobilização da Conferência Brasileira sobre Mudanças Climáticas e na mobilização das empresas para uma gestão socialmente responsável; Tim Ash Vie – diretor da Under2 Coalition; Inamara Melo – Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema), secretária-executiva da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas/PE); Dr. Luis Hidalgo Okimura – governador de Madre de Dios, Peru. Moderação: Sarah Duffy – gerente de Relações Governamentais para as Américas, The Climate Group. Organização: Ethos + Conferência Brasileira de Mudança do Clima / correalização iCS, em parceria entre a CWNYC e a CBMC Exibição: Canal do YouTube do Instituto Ethos 

Nos últimos anos, os movimentos climáticos em rede têm crescido no Brasil e nos Estados Unidos, fortalecendo a ambição climática entre líderes subnacionais e atores não estatais. Como essas redes estão catalisando a ambição e também impulsionando a inovação em novos objetivos e compromissos climáticos no ambiente atual? Como os atores subnacionais estão trabalhando para transformar compromissos em políticas reais, viáveis e implementáveis? 

COMUNIDADES DE FÉ E MUDANÇAS CLIMÁTICAS Dia 24/09 (quinta-feira), das 16h às 17h15 Realização: ISER – Fé no Clima Exibição: Canal do YouTube do Fé no Clima. 

A religião sempre teve um papel central na dinâmica político-social brasileira. Nos últimos anos, porém, esse papel se expandiu consideravelmente e hoje é muito importante aprofundar o diálogo e trabalhar com as diferentes comunidades de fé. Nesse sentido, e considerando que os líderes religiosos são grandes comunicadores, as ações de combate ao aquecimento global devem envolver estrategicamente os grupos religiosos para atingir a sociedade de forma ampla e eficaz. Para tratar da experiência e da importância do engajamento de comunidades de fé na mobilização contra as mudanças climáticas, assim como seu papel nas ações de adaptação e resiliência, o painel será composto por representantes de comunidades de fé brasileiras, pelo cientista e pesquisador Fabio Scarano e pelo Reverendo Fletcher Harper, diretor executivo do Greenfaith. 

_______________________________________________________ 

INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES 

ABEMA – Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente Associação civil de direito privado, sem fins econômicos. Legítima representante dos órgãos estaduais de meio ambiente, presente nos 26 Estados e no Distrito Federal. 

CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável Associação civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento sustentável por meio da articulação junto aos governos e a sociedade civil, além de divulgar os conceitos e práticas mais atuais do tema. 

Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC) Encontro que reúne organizações não governamentais, movimentos sociais, povos tradicionais, governos, comunidade científica e os setores público e privado para promover diálogos para a formulação e monitoramento de compromissos que influenciam o clima. 

iCS – Instituto Clima e Sociedade Organização filantrópica brasileira que mobiliza recursos e transformações no tema de mudanças climáticas. 

Instituto Ethos Organização da sociedade civil de Interesse público cuja missão é mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as parceiras na construção de uma sociedade justa e sustentável. 

Investidores para o Clima Iniciativa da SITAWI com apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS), com objetivo de engajar e capacitar investidores profissionais locais para que avancem na descarbonização de seus portfólios, enquanto buscam retornos melhor ajustados ao risco. 

Instituto de Estudos Religiosos (ISER) Organização da sociedade civil, de caráter laico, comprometida e dedicada à causa dos direitos humanos e da democracia. 

SITAWI Organização social de interesse público pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para impacto social e na análise da performance socioambiental de empresas e instituições financeiras. 

Under2 Coalition Comunidade global de governos estaduais e regionais, comprometidos com uma ação climática ambiciosa em linha com o Acordo de Paris. 

We Mean Business Coalizão global de organizações sem fins lucrativos que trabalham com as empresas mais influentes do mundo para agir sobre as mudanças climáticas. 

World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) Organização global, liderada por CEO de mais de 200 empresas que trabalham juntas para acelerar a transição para um mundo sustentável. 

OUTRAS INFORMAÇÕES 

www.palavra.inf.br @palavra.assessoria 

Cristina Rio Branco cristina@palavra.inf.br + 55 21 98486-7947