Como as empresas estão reagindo ao coronavírus?

Data: 18/03/2020
Autor:

A pandemia do COVID-19, o novo coronavírus, levou empresas a tomarem diversas iniciativas preventivas nesse momento de crise. Do home office, que permite o cumprimento do expediente em casa, à distribuição massiva de álcool gel em áreas comuns na linha de produção e nos meios de transportes internos das fábricas, outras medidas foram tomadas para ajudar nesse momento de pandemia.

O CEBDS também faz a sua parte. Além da adoção do home office, encontros presenciais foram cancelados, eventos foram remarcados e toda a agenda foi adaptada da melhor forma possível para o ambiente virtual. Afinal, situação atual exige de nós consciência, solidariedade e inovação.

Quem pode quebra o ciclo, e evita mais contágio. Esse é o mote da campanha que o CEBDS lançou em suas redes sociais, com a hashtag #euficoemcasa

Confira como algumas empresas estão reagindo ao coronavírus:

Ambev e o álcool gel para hospitais 

A Ambev vai produzir 500 mil unidades de álcool gel para distribuir a hospitais da rede pública nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, estados com maior concentração de casos. A empresa vai utilizar a linha da cervejaria em Piraí, no Rio de Janeiro, para produzir etanol e 500 mil embalagens. 

A empresa utilizará o álcool da produção da Brahma 0.0, cerveja sem álcool. A logística de entrega nos três estados também será feita pela Ambev.

Apoio aos motoristas da 99 

A 99 criou um fundo especial de US$ 10 milhões para apoiar os motoristas e entregadores parceiros da empresa que forem diagnosticados com coronavírus. A partir desta quinta-feira, 19, motoristas e entregadores que tenham diagnóstico comprovado com o vírus poderão solicitar uma ajuda financeira equivalente à renda gerada por ele na plataforma nos 28 dias anteriores à data da solicitação.

Companhias Aéreas facilitam remarcação e restringem voos

A Azul vai reduzir a oferta de assentos em até 25% em março e até 50% em abril, segundo comunicado ao mercado. A partir de hoje, todos os voos internacionais da companhia estão suspensos, exceto os com origem no aeroporto de Viracopos, o principal hub da empresa.

A Latam também divulgou que reduzirá suas operações em até 70% a partir. Na malha internacional, a suspensão deve afetar 90% dos voos.

Na Gol, a redução será de aproximadamente 60% a 70% até meados de junho. Nos voos domésticos, o corte será de até 60%. Nos internacionais, até 95%. Em todas elas a taxa de remarcação está suspensa. AS companhias pedem que os passageiros tentem remarcar em vez de cancelar.

Rappi entrega sem contato

Além de distribuir álcool gel para entregadores, a Rappi incluiu no aplicativo a opção pela “entrega sem contato”, em que entregadores podem deixar os produtos a dois metros dos clientes.

Banco Central facilita renegociação de dívidas

As empresas e as famílias poderão renegociar suas dívidas neste período de pandemia do COVID-19. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou duas medidas para facilitar a renegociação de empréstimos. A ideia é permitir que o Brasil reaja ao impacto da doença no mercado, segundo o Banco Central.

“Estima-se que aproximadamente R$ 3,2 trilhões de créditos sejam qualificáveis a se beneficiar dessa medida, cuja renegociação dependerá, naturalmente, do interesse e da conveniência das partes envolvidas”, diz o BC.

BB e Caixa anunciam liberação de crédito

O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal oferecem crédito para empresas com dificuldades financeiras em consequência da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelos presidentes da Caixa, Pedro Guimarães, e do Banco do Brasil, Rubem Novaes, e o ministro da Economia, Paulo Guedes. 

Montadoras e as férias coletivas

Por enquanto apenas a Volkswagen comunicou o governo sobre sua intenção de acionar o dispositivo de férias coletivas, mas outras montadoras, como a Nissan, que tem sua fábrica em Resende, também estuda a medida.

Medição de temperatura na Petrobras

Além do home office de todas as áreas administrativas, a Petrobras está fazendo a medição de temperatura de todos os funcionários que estão se dirigindo para plataformas. 

Banco Itaú e Santander

O setor administrativo está em home office e há medidas restritivas e turnos alternados nas agências. Outros bancos estão adotando o mesmo modelo. O Santander divulgou na TV campanha publicitária falando do atendimento mais “distante”. 

Nestlé recomenda home office

A Nestlé, no Brasil, solicitou  aos funcionários que substituam viagens de negócios por métodos alternativos de comunicação. A empresa recomendou o trabalho remoto aos funcionários que estiveram em áreas afetadas pelo coronavírus na última semana.  A Nestlé também implementou medidas de biossegurança nas fábricas, escritórios e centros de distribuição.

WeWork e as medidas de seguranças

A WeWork está implementando uma política opcional de home office para funcionários da empresa. As medidas de limpeza em todas as unidades foram reforçadas, e foi aumentada a disponibilidade de sabonete e álcool em gel. A empresa restringiu temporariamente todas as viagens de negócios internacionais e domésticas não essenciais para os seus colaboradores.

Petrobras e os cuidados com os funcionários 

A Petrobras suspendeu todas as viagens para o exterior. No Brasil, estão mantidas apenas as viagens prioritárias, para compromissos que não possam ser atendidos por chamada de vídeo ou telefone.

A Petrobras também colocou em trabalho remoto as pessoas do grupo de risco, como os maiores de 65 anos, quem tenha doença pulmonar obstrutiva crônica, baixa imunidade, insuficiência renal crônica ou tenha feito transplante de órgãos. Nas cidades que tiveram aulas suspensas, os pais e mães de crianças em idade escolar também poderão fazer home office, em acordo com as chefias. A Petrobras também suspendeu temporariamente os eventos e reuniões presenciais com mais de 20 pessoas.

Robô tira-dúvidas

Na TI Stefanini um robô virtual foi criado para responder às dúvidas dos funcionários sobre a epidemia e as medidas da empresa para combatê-lo. Além disso, funcionários com mais de 60 anos, gestantes ou com imunidade baixa estão trabalhando em casa.

iFood criou um fundo de R$ 1 milhão 

O objetivo é atender os motoristas em quarentena com essa ajuda . A Ação da Cidadania vai gerir o fundo, segundo nota da empresa.

A orientação ao entregador que tenha suspeita ou confirmação do COVID-19 é que siga todas as recomendações de saúde transmitida pelos órgãos públicos e, assim que possível, comunique ao iFood pelos canais de atendimento. Os detalhes sobre o fundo solidário serão definidos e anunciados em breve.”, diz a empresa em nota.

BNDES e os cuidados com os colaboradores 

O BNDES cancelou todas as viagens nacionais e internacionais e os eventos na sede foram desmarcados até sexta-feira, além das visitas de trabalho e participação em eventos externos. A empresa está colocando aos poucos os funcionários em home office. Na quinta e sexta-feira, todos os 2.200 empregados passam ao home office orientados pelas chefias.

Viagens suspensas  

A Bayer, Votorantim Cimentos, Natura e a Way Carbon proibiram viagens. Na MRV, a proibição vão até abril.

Boticário cancela processo seletivo em BH

O Grupo Boticário iria realizar um mutirão de contratação. O evento foi cancelado devido ao risco oferecido pela pandemia de Coronavírus. O COVID 19 se espalha rapidamente e é necessário evitar aglomerações. Segundo nota da empresa, a decisão foi tomada “em respeito às diretrizes da OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgadas nesta quarta-feira (11)”.