Confira as dicas de como difundir os ODS dentro de sua organização

Data: 03/05/2019
Autor:


O setor privado desempenha um papel importante no alcance dos Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Além de serem a potência do sistema econômico, as empresas têm estratégias de negócios que impactam diretamente o ambiente social e ambiental onde atuam. O cumprimento dos ODS até 2030 dependerá, e muito, da conscientização de líderes empresariais e seus funcionários.

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) a representação no Brasil do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD), incentiva e lidera ações para que as companhias incorporem a sustentabilidade  em suas rotinas de produção e ampliem o engajamento de seus colaboradores. O CEBDS é responsável pela articulação de empresas com o governo e norteia a atuação das companhias dentro do conceito do tripé da sustentabilidade (economia, sustentabilidade e social), também chamado de triple bottom line, para que o desenvolvimento econômico empresarial esteja alinhado ao desenvolvimento social e sustentável. Juntos, pessoas, empresas e governos podem construir um futuro melhor para todos! 

 

Veja as dicas de como propagar os ODS dentro de sua empresa:

 

– Por meio de ferramentas como o SDG Compass, incluir os ODS e a sustentabilidade corporativa dentro das estratégias de negócios. Também monitorar as ações tendo como base as metas dos ODS;

– Realizar oficinas práticas sobre a Agenda 2030 para que os empregados saibam como podem contribuir com os ODS no seu dia a dia;

– Convidar especialistas ligados aos ODS para que eles colaborem com a formação de empregados;

–  Compilar boas práticas de fornecedores ligadas à Agenda 2030 e difundi-las;

– Desenvolver alianças estratégicas com outras empresas do setor para agir em conjunto diante da preservação de recursos ambientais ou no combate às mudanças do clima;

– Impulsionar alianças com outros agentes, como o terceiro setor ou academia, para promover marcos regulatórios ligados aos ODS;

– Criar prêmios para funcionários que contribuem para os ODS no desenvolvimento de produtos e serviços, para melhorar a gestão, entre outros;

– Difundir vídeos sobre a Agenda 2030 e a temas como Igualdade de Gênero (ODS 5), Ação Climática (ODS 13) ou Saúde e Bem-Estar na empresa (ODS 3);

– Promover ações-chaves nos “dias internacionais” (campanhas de comunicação, mensagens em redes sociais, voluntariado em alguns temas, entre outros);

– Em cada departamento ou área da empresa, criar a figura do “porta-voz dos ODS” para que a pessoa difunda as mensagens da Agenda aos colegas;

– Utilizar as plataformas digitais de comunicação com clientes, fornecedores e empregados para introduzir mensagens sobre a Agenda 2030;

– Sensibilizar o público sobre a Agenda 2030 nos eventos da empresa, nas apresentações, programas, entre outros, assim como levar a mensagem dos ODS a todos os foros nacionais e internacionais onde a organização participe;

– Incluir o logo dos ODS em todas as comunicações e notas para a imprensa, assim como nas assinaturas dos empregados;

– Incluir nos contratos com clientes e fornecedores referências ao marco da Agenda 2030;

– Introduzir banners sobre a Agenda 2030 na página Web;

– Basear-se na Agenda 2030 na hora de realizar o Código de Ética, assim como o Código de Conduta e a Política de Responsabilidade Social Corporativa;

– Incluir imagens e informações da Agenda 2030 nos produtos e serviços da organização, para conscientizar e promover o conhecimento da Agenda 2030 e da cidadania;

– Criar campanhas de sensibilização baseadas em histórias e impacto, relacionadas a algum dos 17 ODS;

– Difundir a Agenda 2030 por meio das diferentes redes sociais;

 

Dados: https://pactoglobal.org.br/noticia/285