Governos são convocados a adotarem políticas de enfrentamento às crises globais

Empresas e organizações de todo o mundo estão pedindo aos governos que adotem políticas para reverter a perda da natureza nesta década; a consulta está aberta até o próximo dia 13 de novembro

A 15ª Conferência das Partes (COP-15) da Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (CDB), será realizada em maio de 2021, em Kunming, na China. Na ocasião, espera-se que os governos adotem um novo Marco Global Pós-2020. 

O documento será o equivalente ao Acordo do Clima de Paris – porém, voltado para a natureza – e pretende incluir objetivos, metas e orientações políticas globais para as próximas três décadas; tendo como objetivo principal a visão CBD 2050 de “Viver em harmonia com a natureza”. 

Para isso, a Business for Nature, uma coalizão global de organizações influentes e empresas com visão de futuro, acaba de lançar uma consulta aberta para que empresas e organizações de todos os setores, tamanhos e localizações geográficas possam cobrar dos governos a adoção de políticas para reverter a perda da natureza na última década. 

Segundo dados da própria coalizão, a natureza está em um ponto crítico. O Relatório Global IPBES de 2019 alerta que a perda da natureza está se acelerando a uma taxa sem precedentes, com 75% da superfície terrestre significativamente alterada por ações humanas e quase 1 milhão de espécies em risco de extinção; e economias em risco. 

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, mais da metade do PIB total mundial – US$ 44 trilhões – é moderada ou altamente dependente da natureza e seus serviços e, como resultado, está exposto a riscos devido à perda da natureza.  

Business For Nature

A coalizão reúne mais de 50 organizações parceiras, incluindo o Fórum Econômico Mundial, o Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, a Câmara de Comércio Internacional, WWF, IUCN e muitas outras organizações internacionais, nacionais e setoriais.

Na Cúpula da Biodiversidade da ONU em setembro de 2020, foi divulgada a lista de signatários do Call to Action (Chamada à Ação) chamada de Nature is everyone’s business, algo como “A natureza é problema de todos”. 

Mais de 600 empresas com receitas de US $ 4,1 trilhões já se inscreveram e estão pedindo aos governos que adotem políticas para reverter a perda de natureza nesta década. Para se inscrever, clique aqui.

A consulta estará aberta até o dia 13 de novembro de 2020. Após esta data, as respostas não serão registradas.

Os resultados da consulta serão usados ​​para desenvolver uma posição oficial e recomendações da Business for Nature, que reflitam a voz das empresas, e serão compartilhados no início de 2021, antes da CDB COP-15.