Empresas e organizações de todo o mundo têm dado contribuições para o novo Marco Global de Biodiversidade Pós-2020

 

Em termos ambientais, o resultado da última década não foi o esperado, já que nenhum dos objetivos internacionais foi totalmente alcançado. Entre os 20 compromissos ambientais firmados pelos 196 países  durante a Convenção da Diversidade Biológica, apenas seis foram “parcialmente atingidos”.

A pandemia, por sua vez, nos trouxe um senso de urgência, reforçando a necessidade de que precisamos agir o quanto antes para proteger a biodiversidade de forma racional, lógica e sustentável. 

Para minimizar os impactos ambientais, empresas e organizações de todo o mundo têm dado contribuições e apresentado soluções para serem inseridas no novo Marco Global de Biodiversidade Pós-2020, que representa um novo acordo global para a conservação da biodiversidade e define Metas de Ação a serem alcançadas até 2030; e apresenta objetivos para alcançar a Visão de Biodiversidade para 2050. 

 

Recentemente, o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e a Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS) lançaram o relatório “O engajamento do Brasil nas negociações da COP-15 de biodiversidade”

A publicação é fruto das discussões realizadas durante o primeiro Workshop sobre o engajamento do Brasil nas negociações da COP 15 de biodiversidade, promovido em parceria pelas duas instituições, e ocorrido durante os dias 16 e 18 de junho de 2020. Participaram do evento mais de 35 pessoas, representando as lideranças das duas instituições (FBDS e CEBDS), além de representantes da Academia, do setor empresarial e do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty). 

O Instituto LIFE foi uma das instituições presentes que trouxeram importantes contribuições para a construção das recomendações presentes no documento final.

Outra contribuição sobre o tema veio da Business for Nature,  uma coalizão global de organizações influentes e empresas com visão de futuro que apresentou nove sugestões, com alterações de texto específicas, para os negociadores incluírem no Novo Marco Global de Biodiversidade Pós-2020, com o objetivo de fortalecer a sua ambição. 

A iniciativa contou com mais de 100 empresas sediadas em 31 países contribuíram com a nossa posição. O texto apresentado baseia-se nas recomendações de políticas da Business for Nature e no ímpeto de sua Call to Action (Chamada para Ação), denominada Nature Is Everyone’s Business (em tradução livre, A Natureza é assunto de todos), por meio da qual 700 empresas estão pedindo aos governos que adotem políticas agora para reverter a perda da natureza.

Ambas ações visam contribuir com o processo de negociação das reuniões preparatórias para a COP 15 que vão acontecer em maio deste ano na China, onde será adotado o novo marco global da Biodiversidade.

 

“O Brasil é considerado um país megadiverso por abrigar uma rica biodiversidade e ecossistemas únicos. A presença e o protagonismo que sempre tivemos nas discussões ambientais precisa continuar existindo. Fazer um uso sustentável da biodiversidade é fundamental para o fornecimento dos serviços ecossistêmicos dos quais muitos negócios dependem. Mais do que nunca, é essencial o engajamento do setor privado brasileiro nas discussões e na implementação de ações efetivas de conservação da biodiversidade”, destaca Alice Alexandre, do Instituto LIFE. “Sabemos que a implementação do novo Marco Global que está em discussão será um grande desafio, mas temos muita confiança de que ele trará a todos boas oportunidades de revertermos a perda da biodiversidade”, complementa.

 

Para ter acesso ao relatório completo, clique no link abaixo: https://cebds.org/publicacoes/o-engajamento-do-brasil-nas-negociacoes-na-cop-15-de-biodiversidade/#.YBgNvehKjIW 

Link Instituto Life

https://drive.google.com/drive/u/0/my-drive

Leia também 

 

https://cebds.org/ibnbio/perspectivas-ambientais-para-2021/ 

 

https://cebds.org/ibnbio/relatorio-inedito-da-onu-alerta-para-grave-perda-na-biodiversidade-em-ambito-mundial/ 

 

https://cebds.org/ibnbio/un-biodiversity-evento-internacional-debate-a-necessidade-de-uma-acao-urgente-sobre-a-biodiversidade-do-planeta/ 

 

https://cebds.org/ibnbio/luz-no-fim-do-tunel/ 

https://cebds.org/ibnbio/consulta-aberta-business-for-nature/