Desenvolvimento compatível com o meio ambiente

Ficha Técnica

Empresa

Ano:

2021

Metas envolvidas:

  • 8

    Potencializar ações de conservação e recuperação nas regiões onde a empresa está inserida, buscando um impacto líquido positivo em biodiversidade

Descrição geral

O desenvolvimento econômico e social está fortemente vinculado ao uso dos recursos naturais, afetando não só a sua disponibilidade, mas também a integridade dos ecossistemas e sua diversidade biológica. A Companhia é consciente de que a conservação do ecossistema constitui uma condição essencial para a sustentabilidade global e, por isso, é necessário que este desenvolvimento seja plenamente compatível com o meio ambiente.

O Grupo Neoenergia assumiu publicamente o compromisso de Alcançar a “perda líquida nula” de biodiversidade até 2030, apostando – sempre que for possível – em um impacto líquido positivo nos novos projetos de infraestruturas.

Este objetivo se fundamenta na aplicação do princípio de hierarquia de mitigação em todas as suas atividades e na melhoria contínua de seus padrões de proteção da biodiversidade, integrando metodologias para monitorar o cumprimento do mesmo. A Neoenergia evita a localização de novos projetos de infraestrutura em espaços protegidos (por seu valor ecológico, biológico, cultural e/ou paisagístico), a menos que não tenha alternativas viáveis. Também serão evitadas as áreas de alto valor para a biodiversidade sem a tipologia de proteção, sempre que possível. As áreas protegidas incluem aquelas do Patrimônio da Humanidade, proteções nacionais e as respectivas categorias de áreas protegidas da UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza).

Em 2020, o Grupo Neoenergia aportou mais de R$ 500 MM em investimentos ambientais em projetos localizados em diferentes estados e biomas do país.

  • Na UHE Baixo Iguaçu, está sendo construído um Corredor de Biodiversidade com o objetivo de conectar as áreas protegidas do Parque Nacional do Iguaçu, as áreas de mata remanescentes e as de preservação permanente do empreendimento para possibilitar o deslocamento da fauna entre os remanescentes florestais e propiciar um habitat favorável ao desenvolvimento e à preservação das espécies.

 

O Instituto Neoenergia desde sua criação em 2018 já investiu mais de R$1,4 MM, em projetos focados em Biodiversidade e Combate as Mudanças Climáticas.

  • Flyways: projeto em parceria com a Save Brasil voltado para assegurar a conservação de aves migratórias (limícolas) no hemisfério sul.
  • Coralizar: projeto em parceria com o WWF Brasil para gerar e disseminar conhecimento sobre corais, estudando os efeitos das mudanças climáticas e possíveis soluções para sua conservação

 

Em 2020, também desenvolvemos projetos piloto em métricas de Biodiversidade  para encontrar a forma mais adequada e transparente de acompanhar o cumprimento do objetivo assumido pelo Grupo

Em 2020, nosso acionista controlador, lançou o Programa Árvores Iberdrola, com o objetivo de plantar 20 milhões de árvores até 2030, com uma vertente voltada para plantios voluntários e fomento à Pesquisa e Desenvolvimento para restauração florestal.

O Grupo Neoenergia tem trabalhado para definir a métrica em biodiversidade mais adequada para acompanhar o cumprimento do objetivo de evitar perdas líquidas e seguira acompanhando e apoiando os compromissos globais e os planos nacionais decorrentes do marco pós 2020 que está sendo discutido na Convenção de Diversidade Biológica da ONU.

Todas as informações aqui disponibilizadas são públicas e podem ser verificadas a partir de uma visita ao site do Grupo Neoenergia. O Informe de Biodiversidade do Grupo Neoenergia é o grande instrumento de comunicação e transparência de desempenho em termos de biodiversidade.