Ações para conservação e enriquecimento

Ficha Técnica

Empresa

Ano:

2022

Metas envolvidas:

  • 5

    Conhecer a diversidade biológica das áreas de atuação da empresa e, sempre que possível, monitorar e mensurar impactos e dependências

Descrição geral

Conforme estabelecido em sua Política Ambiental, a VC assume o compromisso de respeitar e buscar ações para proteger a biodiversidade e os recursos hídricos e de auxiliar na gestão de áreas protegidas e em planos de recuperação de áreas degradadas. Dessa forma, aposta na iniciativa de identificar localidades de alta relevância em biodiversidade dentro das áreas de influência da companhia e realizar ações para conservação e enriquecimento, contemplando a construção e implementação de Planos de Gestão de Biodiversidade.

A VC definiu a relevância em biodiversidade para suas unidades de mineração, selecionando sete unidades consideradas como sendo de alta relevância, prioritárias para implantação dos Planos de Gestão de Biodiversidade, que propõem ações como produção de inventários de biodiversidade, identificação de pontos de fragilidade e eventuais ações mitigadoras, realização de campanhas de sensibilização e identificação de ativos ambientais de relevância. Em 2021, foi iniciada a implementação dos PGBs, com restrições de atividades devido à pandemia de COVID-19, incluindo: (i) levantamento de nascentes em área de compensação ambiental e o levantamento de abelhas; (ii) monitoramento de água, com foco em análises ecotoxicológicas; (iii) implementação de programa de educação ambiental para os funcionários VC com foco em patrimônio espeleológico e arqueológico. 

Além disso, atualmente 12 unidades operacionais de cimentos ou agregados implementam programas de monitoramento de fauna, sendo identificadas 7 espécies vulneráveis e 12 quase ameaçadas em âmbito internacional e 1 espécie ameaçada, 10 vulneráveis e 2 quase ameaçadas em âmbito nacional, conforme reportado no relatório integrado.

A preservação da fauna e flora segue sendo uma prioridade nas operações da VC. Dessa forma, a continuidade da implementação dos Planos de Gestão de Biodiversidade está inserida nos Compromissos 2030. Seguiremos com a manutenção do monitoramento de fauna e com a implementação de programas de educação ambiental.

Será avaliado o atendimento aos indicadores 304-3 (Habitats protegidos ou restaurados) e 304-4 (Espécies incluídas na lista vermelha da IUCN e em listas nacionais de conservação com habitats situados em áreas afetadas por operações), de forma a manter um controle sob a sensibilidade de suas áreas de atuação. Para as unidades localizadas em áreas sensíveis a biodiversidade, será analisada a aderência das ações aos planos existentes, bem como a elaboração de novos planos para áreas de relevância identificadas futuramente.