Caminho pelas Plantas

Ficha Técnica

Empresa

Ano:

2021

Metas envolvidas:

  • 9

    Engajar as comunidades localizadas nas regiões de atuação da empresa de forma a fortalecer o seu envolvimento com a conservação da biodiversidade e manutenção dos serviços ecossistêmicos

Descrição geral

Caminho pelas Plantas: Projeto social para o engajamento da comunidade ao entorno através do plantio de espécies nativas e a disseminação do conhecimento tradicional local sobre elas.
A conscientização ambiental culminará em maior valorização da biodiversidade tanto como recurso alimentar quanto parte de atividades sociais.

Trata-se de um projeto piloto iniciado em uma casa de recuperação de dependentes químicos localizada ao lado de uma das unidades produtivas do Grupo Sabará. O projeto nasceu de uma pesquisa com os colaboradores do Grupo para engajar seu público interno no trabalho social e na disseminação da educação ambiental já enraizada em atividades e nos colaboradores do Grupo Sabará. Atualmente, o projeto encontra-se em fase de mobilização das partes envolvidas, identificação de parceiros e definição das atividades e cronograma.

O cronograma do projeto pode ser dividido em duas grandes etapas, sendo a primeira a etapa de estudos, levantamento e mobilização e a segunda de implementação, acompanhamento e desmobilização.

Na primeira fase do projeto deverão ser identificadas as partes interessadas, bem como possíveis parcerias, levantamento de espécies vegetais endêmicas, custos e local para implantação. A segunda fase deverá contar com a construção de um berçário para as mudas, da horta propriamente dita, bem como treinamentos e acompanhamento da evolução das espécies. Quando da desmobilização, deverá ser criada uma cartilha e deverão identificados professores das escolas públicas locais para atuarem como agentes de disseminação deste conhecimento, que em conjunto com a documentação preparada possam divulgar e incentivar a replicação deste projeto em outras partes da comunidade.

A fim de tornar o projeto replicável, bem como mensurar o impacto deste nos participantes, serão realizados levantamentos e mensurações de indicadores. Ao longo do projeto os indicadores podem sofrer alterações.

Inicialmente deve-se medir:

  • Hora de palestras ministradas pelos voluntários;
  • Número de participantes em palestras;
  • Número de participantes envolvidos no plantio;
  • Frequência dos participantes no plantio;
  • Frequência da manutenção da horta;
  • Indivíduos plantados VS. Indivíduos mantidos;
  • Volume de hortaliças e ervas colhidas.

Os dados do monitoramento e seus resultados consolidados deverão ser divulgados também no Relatório Bianual do Grupo.