Sala de Imprensa

Trinta e duas lideranças femininas inscritas na categoria voto popular do Prêmio CEBDS de Liderança Feminina 2019 podem ser votadas

12/09/2019

Encerrada a fase de inscrições de candidatas, este é o momento das pessoas se mobilizarem para escolherem a liderança feminina indicada espontaneamente pelo público ao Prêmio CEBDS de Liderança Feminina 2019.

Em sua terceira edição, a escolha poderá ser feita até às 23h59 do dia 30 de agosto, e o resultado será divulgado em 5 de setembro, durante o Seminário CEBDS Visão 2050: O Futuro é feito agora, em São Paulo. Cada pessoa poderá votar apenas uma vez. Ao todo, 32 candidatas foram indicadas pelo público para a categoria. 

São quatro categorias que contemplam representantes da iniciativa privada, governo e terceiro setor: Empresas Associadas, Iniciativa Novas Líderes, Voto Popular e Projeto Social. As duas primeiras categorias passarão por um júri composto de mulheres notáveis em suas áreas de atuação, entre elas, a diretora executiva do Instituto Clima e Sociedade, Ana Toni; a diretora do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), Luana Génot, a ex-ministra do Meio Ambiente e Sênior Fellow para Sustentabilidade, Mudança do Clima e Agricultura do CEBRI, Izabella Teixeira; e Anielle Guedes, da Urban 3D.

A iniciativa é do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), que representa 60 dos maiores grupos empresariais do País e promove a sustentabilidade ambiental e social com base nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A premiação visa impulsionar no Brasil o cumprimento do ODS 5, que tem como meta alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas até 2030.

Clique no link para votar: https://biblioteca.cebds.org/premio-lideranca-feminina-2019

Sobre o CEBDS  

Fundado em 1997 por um grupo de grandes empresários brasileiros, o CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) é uma associação civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento sustentável por meio da articulação junto aos governos e a sociedade civil, além de divulgar os conceitos e práticas mais atuais sobre o tema. O Conselho reúne cerca de 60 dos maiores grupos empresariais do país, com faturamento equivalente a 40% do PIB, e responsáveis por mais de 1 milhão de empregos diretos. O Conselho é o representante no Brasil da rede do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), e atua por meio de seis Câmaras Temáticas (fóruns) que reúnem representantes de empresas associadas para construção e desenvolvimento de projetos relacionados a temas da Sustentabilidade: Água, Biodiversidade, Clima, Impacto Social e Finanças.