Evento em SP debate plano de ação para PPA

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), em parceria com o World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), debateu a construção de um plano de ação para facilitar a estruturação de contratos de longo prazo para compra de energia renovável (PPA) no Brasil. Entre as propostas a serem desenvolvidas estão sugestões regulatórias que facilitem o mercado e argumentos abordando os benefícios desse instrumento de PPA.

As medidas foram debatidas durante o 1º Fórum Corporativo de Compra de Energia Renovável, realizado no dia 15 de agosto, na sede da Vestas, em São Paulo. O evento reuniu compradores, financiadores e desenvolvedores de energia. Entre os presentes, representantes da AmBev, Braskem, Santander, Bradesco, Enel, EDP, EDF, Shell, Vestas e Dow.

“É fundamental que o mercado possa contar com bons instrumentos para um crescimento seguro e uma geração de energia confiável. Isso só pode ser alcançado quando se une os elos da cadeia. O PPA Corporativo é uma forma de expandir o mercado livre e ajudar as empresas a cumprirem suas metas de serem renováveis”, explica Laura Albuquerque, assessora técnica do CEBDS.

Power Purchase Agreement (PPA)  é um contrato entre um comprador de energia e um produtor de energia para comprar eletricidade a um preço pré-acordado por um período de tempo pré-acordado. Os PPAs renováveis ​​corporativos ajudam as empresas a reduzir os custos atuais de eletricidade, aumentar a visibilidade sobre os custos futuros de energia e, ao mesmo tempo, compensar emissões de CO2 da empresa.