PHILIP MORRIS BRASIL É A PRIMEIRA EMPRESA NO BRASIL A RECEBER CERTIFICAÇÃO POR REMUNERAR IGUALMENTE HOMENS E MULHERES

A Philip Morris Brasil (PMB), associada do CEBDS, é a primeira empresa do País a receber a certificação EQUAL – SALARY, por remunerar igualmente homens e mulheres por trabalho equivalente. O reconhecimento internacional e independente, feito pela organização suíça Equal Salary Foundation, consolida o compromisso da empresa com políticas e práticas que valorizam a igualdade de gênero.

“Para nós, na PMB, diversidade e inclusão vão além do discurso. Temos o compromisso em construir uma cultura inclusiva e diversa, que respeita e valoriza igualmente todo colaborador”, comenta Manuel Chinchilla, presidente da Philip Morris Brasil. “Quando estamos em uma sociedade em que mulheres recebem em média 23% a menos do que homens que desempenham a mesma função, é nossa obrigação fazer algo a respeito”, enfatiza.

A comunicação ao mercado sobre a certificação foi no dia 26/2, em São Paulo, durante mesa redonda com a participação da gerente para os Princípios do Empoderamento Econômico da ONU Mulheres, Adriana Carvalho, a empreendedora e palestrante Lais Trajano, a diretora de Desempenho e Remuneração do Banco Santander, Germanuela de Abreu, o gerente sênior de Remuneração da Sodexo, Ronaldo Nóbrega, a diretora de Pessoas & Cultura da Philip Morris Brasil, Karen Ramirez, o sócio líder de Diversidade da PwC Brasil, Marcelo Cioffi, e a deputada distrital e idealizadora da plataforma #Ligadelas, Julia Lucy.

Em todo o mundo, a Philip Morris International passa por uma grande transformação de seu negócio, apostando na ciência e na tecnologia para um mundo sem fumaça, a partir do desenvolvimento de produtos de risco reduzido (RRPs), que são melhores alternativas do que o cigarro, já que não envolvem a queima do tabaco, que é a principal causadora das doenças relacionadas ao tabagismo.

A certificação inédita obtida pela PMB contribui ainda mais para esse momento tão importante de transformação da companhia, tanto na formação como na retenção de equipes inclusivas e diversas, essenciais para o atual momento de inovação.

Para a conquista do selo, a PMB passou por uma auditoria qualitativa do compromisso da empresa com os princípios de remuneração igualitária, da percepção do colaborador sobre esse tema e das políticas e práticas de Recursos Humanos para identificar possíveis pontos cegos entre gênero, com a recomendação de ações para mitigá-los. Com isso, o processo para a certificação ajuda a identificar áreas de melhoria e apoia os esforços para enfrentar o desafio de eliminar eventuais diferenças entre gêneros.

A auditoria foi feita pela PwC que é a parceira da Equal Salary Foundation na certificação de empresas que promovem a equidade salarial em todo o mundo. “Empresas que buscam a certificação possibilitam uma inclusão efetiva ao oferecer oportunidades iguais para homens e mulheres”, diz Marcelo Cioffi, sócio líder de diversidade da PwC Brasil.

Trabalho contra a desigualdade de gênero

As diferenças no mercado de trabalho ainda são grandes em todo o mundo. O Relatório Sobre Disparidade de Gênero, publicado em dezembro pelo Fórum Econômico Mundial, apontou que ainda serão necessários 202 anos para que as desigualdades econômicas, incluindo a salarial, entre homens e mulheres sejam totalmente eliminadas. No Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres ganham, em média, 76,5% do rendimento dos homens.

Dessa forma, a certificação EQUAL-SALARY, recebida pela PMB, coloca a empresa na liderança das melhores políticas em relação à diversidade e reforça o objetivo maior da Philip Morris International de se tornar um local de trabalho inclusivo e com equilíbrio de gênero. Hoje, as mulheres detêm 42% de todas as funções gerenciais na PMB e a empresa está no caminho para atingir sua meta global de 45% até 2019.

Para a fundadora e CEO da Fundação EQUAL-SALARY, Véronique Goy Veenhuys, a PMB pode se orgulhar da certificação, que a coloca na vanguarda da rigorosa e independente metodologia EQUAL-SALARY no Brasil. “Enquanto hoje ainda não podemos dar como garantido o pagamento igual para o trabalho equivalente, o compromisso de empresas como a PMB é um passo positivo na jornada à igualdade salarial global e contribui para o desafio mais amplo de reduzir as desigualdades salariais entre homens e mulheres.”

Para a Philip Morris Brasil (PMB), organizações com equipes diversas e uma cultura inclusiva são mais inovadoras e bem-sucedidas. Por isso, o tema de inclusão e diversidade é tão relevante para a empresa, fazendo parte de seus valores e comportamentos esperados por todos os colaboradores.

Sobre a Philip Morris Brasil

Afiliada da Philip Morris International (PMI),  líder no mercado de tabaco, dedicada à fabricação e venda de cigarros, produtos de aquecimento de tabaco, dispositivos e acessórios eletrônicos, a Philip Morris Brasil atua no País desde 1973. A companhia está liderando uma transformação no setor para criar um futuro sem fumaça, substituindo os cigarros por alternativas sem fumaça que, embora não sejam isentas de riscos, são uma escolha muito melhor do que continuar fumando. Com áreas multidisciplinares em desenvolvimento, instalações de última geração e comprovação científica, a PMI visa garantir que seus produtos sem fumaça atendam às preferências dos consumidores adultos e aos rigorosos requisitos regulatórios, para benefício da sociedade, da empresa e de seu s acionistas. O novo portfólio da PMI inclui tabaco aquecido e e-cigs que contém nicotina. A PMI estima que, em 31 de dezembro de 2018, aproximadamente 6,6 milhões de adultos fumantes em todo o mundo já tenham parado de fumar e migrado para o uso de seu produto de tabaco aquecido, IQOS, que atualmente está disponível para venda em 44 mercados. Para mais informações, acesse os sites da PMI, PMIScience e www.pmi.com/markets/brazil/pt/science-and-innovation.

Sobre a Fundação EQUAL SALARY

A Fundação EQUAL-SALARY é uma fundação independente, sem fins lucrativos, cujo objetivo é fornecer às empresas um selo que garanta pagamento igual para empregados do sexo feminino e masculino. Desenvolvida em 2005 em colaboração com a Universidade de Genebra, a certificação EQUAL-SALARY foi apoiada financeiramente pela Confederação Suíça através do Gabinete Federal para a Igualdade. Hoje, oferece às empresas uma maneira eficaz de verificar sua política salarial, graças a uma análise estatística combinada com uma auditoria qualitativa. Este procedimento proporciona um sistema de avaliação imparcial e propõe, se necessário, formas de melhoria para alcançar o objetivo de igualdade de tratamento entre mulheres e homens em termos de remuneração e, por extensão, um equil íbrio nas práticas de recrutamento e promoção. Para mais informações sobre a Fundação EQUAL-SALARY, clique aqui.

Sobre a PwC

Na PwC, o nosso propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas importantes. Somos um Network de firmas presente em 158 países, com mais de 236.000 profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações. Saiba mais sobre a PwC e nos diga o que é importante para sua empresa ou carreira, visitando nosso site: www.pwc.com.