WBCSD disponibiliza estudo com diferentes ferramentas de biodiversidade


Existe hoje no mercado uma série de ferramentas e metodologias que ajudam as empresas a compreenderem e gerenciarem melhor o impacto e a dependência dos recursos naturais, que buscam análises de valoração e geram mapas para gerenciamento de riscos. Uma delas é o ESR (Corporate Ecosystem Services Review), desenvolvida pelo World Resources Institute (WRI), World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) e Meridian Institute.

Recentemente, o WBCSD lançou um estudo sobre as ferramentas disponíveis para mensurar a dependência e o impacto das empresas sobre os recursos naturais. O relatório, Eco4Biz, incentiva as empresas a explorar as ferramentas que podem ajudá-las a incorporar o meio ambiente nas estratégias e tomadas de decisões. O estudo foi desenvolvido, com a participação do CEBDS, para ajudar gestores a escolher a ferramenta mais adequada para cada empresa. Durante o Sustentável 2013 será lançada a versão em português deste estudo.

1) CEV – Corporate EcosystemValuation

Tipo: Quantificação/Valoração

Já foi testada por empresas: Sim

Custo: Grátis

Principal pergunta que a ferramenta responde: Como posso realizar uma valoração dos serviços ecossistêmicos em um contexto de negócios, por meio de um processo passo a passo?

Resultados: Resultados dependem do propósito do exercício de valoração e pode incluir aspectos qualitativos, quantitativos e monetários.

Potenciais usuários: Empresas de todos os setores

Desenvolvedores: WBCSD, ERM, IUCN, PwC, WRI

2) ESR – Corporate Ecosystem Services Review

Tipo: Verificação/Checklist

Já foi testada por empresas: Sim

Custo: Grátis

Principal pergunta que a ferramenta responde: Quais serviços ecossistêmicos eu impacto e eu dependo e como riscos e oportunidades relacionadas podem ser incorporadas na minha estratégia de negócio?

Resultados: O resultado detalhado de uma ESR depende da finalidade do exercício e inclui uma lista de serviços ecossistêmicos prioritários, identificação de possíveis riscos e oportunidades de negócios e priorização de um conjunto de estratégias.

Potenciais usuários: Empresas de todos os setores

Desenvolvedores: World ResourcesInstitute (WRI), WBCSD, Meridian Institute

3) ARIES – Artifical Intelligence for Ecosystem Services

Tipo: Mapa e Quantificação/Valoração

Já foi testada por empresas: Sim (mas não há sumários publicados)

Custo: Grátis

Principal pergunta que a ferramenta responde: Qual é a oferta, a demanda e o valor dos serviços ecossistêmicos na paisagem?

Resultados: Considera serviços ecossistêmicos do ponto de vista dos beneficiários. Gera um conjunto de mapas descrevendo a oferta e a demanda de cada serviço ecossistêmico.

Potenciais usuários: tomadores de decisão, ONGs, empresas e consultores

Desenvolvedores: UNEP-WCMC, United States National Science Foundation, Basque Centre for Climate Change, (BC3), University of Vermont, Conservation International, Earth Economics, Instituto de Ecología (Inecol).

4) IBAT – IntegratedBiodiversityAssessment Tool

Tipo: Mapa

Já foi testada por empresas:Sim

Custo: US$ 500 a.a. até US$ 25,000

Principal pergunta que a ferramenta responde: Como posso filtrar riscos e oportunidades de biodiversidade em um local específico e melhor planejar e gerir o meu projeto para levar em conta estes riscos e oportunidades relacionados?

Resultado: Dados são apresentados em mapas e tabelas. Inclui relatórios com opções para gerir os seus próprios sites.

Potenciais usuários: tomadores de decisão em empresas, especialmente aqueles envolvidos no gerenciamento de riscos.

Desenvolvedores: BirdLife International, Conservation International, IUCN, UNEP-WCMC

5) InVEST – Integrated Valuation of Environmental Services and Tradeoffs

Tipo: Mapa e Quantificação/Valoração

Já foi testada por empresas:Sim (mas não há sumários publicados)

Custo: Grátis

Principal pergunta que a ferramenta responde: Qual é o valor da oferta e do uso dos serviços ecossistêmicos em um local específico?

Resultado: Fornece mapas da oferta e uso de serviços ecossistêmicos e tabelas que reportam os resultados.

Potenciais usuários: agências governamentais, ONGs e empresas

Desenvolvedores: The Natural Capital Project (NatCap) – Stanford Woods Institute for the Environment, World Wildlife Fund, The Nature Conservancy, Institute on the Environmental the University of Minnesota

6) MIMES – Multi-scale Integrated Models of Ecosystem Services

Tipo: Mapa e Quantificação/Valoração

Já foi testada por empresas: Não

Custo: Grátis

Principal pergunta que a ferramenta responde: Qual é o valor dos serviços ecossistêmicos no gerenciamento da terra e em cenários de uso da terra?

Resultado:Fornece resultados quantitativos e monetários, baseado em dadosintegradosna ferramenta.

Potenciais usuários: Proprietários/gestores rurais, pesquisadores

Desenvolvedores: Gund Institute, Accounting For Desirable Futures LLC

Fonte: Eco4biz (WBCSD)

Download do documento