29 de janeiro lembra a importância da Visibilidade Trans

A data é comemorada neste dia, pois em 29/01 de 2004 foi lançada a campanha “Travesti e Respeito”, do Programa Nacional de DST/Aids

A transfobia (aversão ou discriminação contra a população trans) é uma realidade cruel, que leva as pessoas trans a abandonarem os estudos e enfrentarem dificuldades de inserção no mercado de trabalho. Além do próprio risco de vida.

“O Brasil, infelizmente, é o país que mais mata pessoas trans no mundo. Com índices muitos mais altos do que os países que o seguem. São mortes violentas, cruéis, que muitas vezes sequer chegam a ser notificadas aos órgãos públicos ou, quando chegam, não observam a verdadeira identidade de gênero das vítimas”, relata a coordenadora do Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo da Defensoria Pública do Rio de Janeiro (Nudversis), Letícia Oliveira Furtado.

A criadora da Bandeira do Orgulho Trans, Mônica Helms, disse em 1999: “Azul para meninos, rosa para meninas, branco para quem está em transição. E, para quem não se sente pertencente a qualquer gênero: isso significa que não importa a direção do seu voo, ele sempre estará correto”!

É necessário incluir

É importante que as pessoas trans tenham acessos a oportunidades e seus direitos respeitados. No Brasil, a plataforma TRANSempregos, criada em 2013, atua juntos às empresas, realizando a ponte e inserção de pessoas trans no mercado de trabalho formal.

“A gente continua colocando rótulos, dando forças as palavras. Até quando daremos tanto peso e importância para as palavras e não para pessoas? Muitas pessoas nos procuram querendo colocar diversidade, sem trabalhar o ecossistema inclusivo”, afirmou Maite Schneider, co-fundadora do portal TRANSempregos.

Identidade de gênero? Orientação sexual? Sexo biológico?

A Identidade de gênero é o modo como o indivíduo se reconhece: mulher, homem, ou não binário (que não se vê como apenas uma coisa ou outra).

A orientação afetiva sexual se refere a quem você sente atração: lésbicas, gays, bissexuais e heterossexuais.

O sexo biológico está ligado à biologia: cromossomos, hormônios, órgão sexual, que pode ser: vagina, pênis. Há também as pessoas intersexuais, que tem características biológicas de ambos os sexos.
compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.