CEBDS apresenta recomendações do setor empresarial sobre precificação de carbono

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) apresentou nesta quinta-feira, 22/08, durante a Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudanças Climáticas uma carta de princípios com um resumo dos debates e alinhamentos sobre os instrumentos de precificação de carbono, como gestão de riscos, oportunidades de negócios e realizações financeiras.

O documento foi entregue a representantes do Governo Federal, ao prefeito de Salvador ACM Neto e representantes de empresas e instituições presentes em um evento sobre financiamento e riscos climáticos. As recomendações serão enviadas também aos Ministérios de Economia, Meio Ambiente, Minas e Energia e Agricultura.

O documento foi elaborado a partir de conversas com empresas associadas ao CEBDS e durante o workshop “Diálogo Empresarial sobre o Artigo 6”, em conjunto com a IETA, realizado no dia 19/08 na Semana do Clima. A carta reúne princípios norteadores para a regulamentação do Artigo 6 do Acordo de Paris, debate que acontecerá durante a COP25, que acontece em dezembro, no Chile.

O setor empresarial brasileiro defende, entre outros pontos, a participação do setor produtivo no desenvolvimento das ações em todos os mecanismos de mercado, o estabelecimento de regras claras e objetivas que não criem custos de transação desnecessários a expansão da oferta de redução de emissões e o desenvolvimento de uma estrutura contábil transparente, simples e eficiente que evite dupla contagem e amplie a valoração das emissões a serem transacionadas nos mercados compradores.

Confira aqui o documento na íntegra.

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.