CEBDS apoia o Acordo de São Paulo para incentivar redução de emissões

Fábio Guido, gerente de relações institucionais, representou o CEBDS no evento pré-COP25 que reuniu as principais entidades do setor, preocupadas com os desafios ambientais e as mudanças climáticas

O Governo do Estado de São Paulo, por meio das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente, Relações Internacionais e da Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, lançou o “Acordo Ambiental São Paulo”. A iniciativa para redução de emissão de gases de efeito estufa e incentivo às ações sustentáveis conta com o apoio do CEBDS e já conta com a assinatura de 55 empresas comprometidas com o envio de informações relativas ao balanço das emissões.

“São Paulo respeita o acordo de Paris e não tem desflorestamento. Pelo contrário, ampliamos a cobertura vegetal. Temos uma boa relação com as instituições que defendem o meio ambiente. Eu sabia que nós teríamos aqui representatividade, mas não imaginava que pudesse ser desta ordem. Isso é prova de que a obediência a este acordo e a zeladoria pelo verde é representada por vocês”, disse o governador de São Paulo, João Doria.

O objetivo é induzir a redução de gases poluentes nos próximos 20 anos. “Esta ação incentivará a implementação de novas tecnologias e soluções inovadoras, realçando o protagonismo do estado na agenda climática, que pode ser visto em seus programas de qualidade do ar e, em especial, nos protocolos assinados e implementados ao longo dos anos com o setor sucroenergético”, ressaltou a Diretora-presidente da Cetesb, Patrícia Iglecias.

COP 25

A 25ª  Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019, acontecerá do dia 02/12 ao dia 13/12, em Madrid, na Espanha. Apresentará a 25ª sessão da Conferência das Partes ( COP 25 ) da Convenção-Quadro das Nações Unidas para Combater o Clima Change (UNFCCC) e as 51ª reuniões dos órgãos subsidiários da UNFCCC – o Órgão Subsidiário de Implementação ( SBI 51 ) e o Órgão Subsidiário de Aconselhamento Científico e Tecnológico ( SBSTA 51).

O encontro é uma oportunidade da comunidade internacional entrar em um consenso sobre mecanismos aplicáveis globalmente, um dos principais meios de se estimular as mudanças necessárias.

O Brasil, com os desafios estruturais na área ambiental, como o desmatamento ilegal, adota um rigoroso compromisso de redução de emissões entre os países em desenvolvimento. A meta conhecida como Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês), prevê redução de emissões de 43% até 2030.

 

Créditos da foto: Portal do Governo de SP

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.