CEBDS anuncia as ganhadoras da 6ª edição do Prêmio de Liderança Feminina

Objetivo é reconhecer mulheres e companhias que fomentam e inspiram a formação de novas lideranças

Foto: Ulisses Matandos/Divulgação CEBDS

Foram anunciadas nesta tarde (18) as empresas e executivas vencedoras da 6ª edição do Prêmio CEBDS de Liderança Feminina, que reconhece mulheres, empresas e iniciativas que contribuem para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A premiação prioriza o ODS 5, que tem como meta alcançar a igualdade de gênero e capacitar todas as mulheres e meninas até 2030. O anúncio foi feito durante o Congresso Internacional para o Desenvolvimento Sustentável, realizado no Museu de Arte de São Paulo (Masp) pelo CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável).
 

O Prêmio contou com duas categorias: Empresas Associadas, que reconheceu o trabalho de duas executivas, dentro das empresas que fazem parte do rol de membros do CEBDS, por suas iniciativas para o avanço dos ODS, e a categoria Mulheres no Board, que premiou duas empresas associadas avançadas em ter um conjunto de mulheres ocupando um Conselho interno da companhia.
 

As vencedoras da primeira categoria foram Marilene Ramos, diretora de sustentabilidade e relações institucionais do Grupo Águas do Brasil, e Tarciana Medeiros, a CEO do Banco do Brasil. Engenheira civil com doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Marilene tem a carreira focada em trabalhos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade. Ela já exerceu cargos como presidente do Inea e do Ibama, foi secretária do Ambiente do Estado do Rio de Janeiro e diretora do BNDES. Atualmente, também é diretora de sustentabilidade e relações institucionais no grupo em que trabalha e presidente do conselho de administração da Rio+Saneamento.
 

Antes de ingressar no Banco do Brasil em 2000, Tarciana era feirante e professora. Ao longo de sua trajetória, assumiu diversos cargos de gestão, culminando em sua nomeação como a primeira CEO mulher do banco em janeiro deste ano. É bacharel em Administração de Empresas, com pós-graduação em Administração, Negócios, Marketing, Liderança e Inovação, além de possuir um MBA em BI e Analytics e formação em alta gestão executiva. A paraibana também é integrante dos conselhos de administração do BB, Brasilprev Seguros e Previdência e Elo Participações.
 

Já as empresas premiadas na categoria Mulheres no Board foram Banco do Brasil e Grupo Boticário. Um ano atrás, antes de Tarciana assumir a presidência do Banco do Brasil, a representação feminina no conselho diretor era de apenas 11%, com uma mulher entre oito homens. Atualmente, no conselho de administração, 38% dos membros são mulheres, com três mulheres e cinco homens ocupando cargos. Além disso, no conselho de administração, a igualdade de gênero é ainda mais notável, com 50% de mulheres, totalizando quatro mulheres e quatro homens. Diversas ações de inclusão também foram criadas, como o conselho consultivo de diversidade, equidade e inclusão e uma equipe dedicada à diversidade. O banco também lançou o Programa Liderança Feminina para empoderar as líderes internas. 
 

O Grupo Boticário tem hoje 30% de mulheres no conselho consultivo, 41,5% na diretoria e 50,8% em cargos de liderança geral, incluindo a gerência. Há um ano, existiam 35,7% de mulheres na diretoria e 49,2% na liderança. Para promover a inclusão de mulheres em cargos de liderança no grupo, destacam-se iniciativas de capacitação, contratação focada na diversidade e a implementação de uma licença parental universal obrigatória de 120 dias para todos os colaboradores, incluindo homens, casais homoafetivos e pais de filhos não-consanguíneos, bem como mulheres gestantes e não gestantes que já possuem licenças mais longas. Essas ações refletem o compromisso da empresa com a diversidade, inclusão e equidade de gênero em seu ecossistema, influenciando positivamente a sociedade em relação às questões de parentalidade e responsabilidade no cuidado com a família.

Sobre o CEBDS

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) é uma associação civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento sustentável por meio da articulação junto aos governos e a sociedade civil, além de divulgar os conceitos e práticas mais atuais do tema. Fundado em 1997, reúne mais de 110 dos maiores grupos empresariais do país, cujos faturamentos somam cerca de 50% do PIB brasileiro e que geram 1,1 milhão de empregos. Representa no Brasil a rede do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), que conta com quase 60 conselhos nacionais e regionais em 36 países e de 22 setores industriais, além de 200 grupos empresariais que atuam em todos os continentes.

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Últimas publicações

Últimas notícias