CEBDS divulga documento sobre sistema alimentar sustentável em parceria com empresas

Objetivo é fomentar ações em busca de novas diretrizes mais sustentáveis na cadeia produtiva, que afeta diretamente temas como biodiversidade, mudanças climáticas e melhor uso de recursos hídricos

 

Rio de Janeiro, 11 de maio de 2021 – O Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e cerca de 14 de suas empresas signatárias (veja a lista abaixo) divulgam hoje o Posicionamento do setor empresarial sobre a sustentabilidade dos Sistemas Alimentares no Brasil, que além de nortear a pauta empresarial e do  CEBDS a longo prazo, irá articular o tema até a 1° Cúpula da ONU sobre Sistemas Alimentares (UN Food Systems Summit – UNFSS), prevista para acontecer em setembro. O evento irá extrair as melhores evidências, ideias e experiências de todo o mundo para informar novas e mais sustentáveis diretrizes para os sistemas alimentares.

A preocupação com o tema não ocorre à toa, uma vez que os sistemas alimentares influenciam o clima, a biodiversidade, os recursos hídricos e a sociedade como um todo. Para se ter uma ideia, globalmente mais de 30% da produção de alimentos é perdida ou desperdiçada, que se comparada às emissões de gases de efeito estufa (GEE) de um país equivaleria ao terceiro maior país emissor no ranking mundial. Vale ressaltar que alimentos perdidos ou desperdiçados emitem gases do efeito estufa, pois além de gastarem todos os recursos necessários para produzi-los e levá-los até os consumidores, sua decomposição em aterros é extremamente danosa ao meio ambiente.

 

O CEBDS e as empresas signatárias se mobilizam e defendem sete ações prioritárias. São elas:

  1. Escalar agricultura de baixo carbono, regenerativa, de maior produtividade e precisão;
  2. Capacitar agricultores para adoção de métodos produtivos mais resilientes e sustentáveis;
  3. Reduzir perdas e desperdícios;
  4. Garantir rastreabilidade e certificação para a produção sustentável e a legalidade ao longo da cadeia produtiva, por meio da adoção de normas de controle, fiscalização e monitoramento da cadeia produtiva e responsabilização ambiental;
  5. Conscientizar consumidores sobre escolhas saudáveis e sustentáveis;
  6. Aumentar o acesso à dietas saudáveis e sustentáveis;
  7. Fortalecer dados científicos e comunicá-los para toda a cadeia produtiva.

 

“O CEBDS e as empresas signatárias compreendem que essas ações prioritárias serão capazes de servir de base e para o avanço da transformação nos sistemas alimentares no Brasil. Aprimorar iniciativas para um melhor sistema alimentar é de grande relevância, se levarmos em consideração que daqui a 30 anos teremos 10 bilhões de pessoas no mundo, que precisarão ser alimentadas com qualidade nutricional, com uma produção diversa e sustentável”, Marina Grossi, presidente do CEBDS. “É importante que o setor empresarial se mobilize, esclarecendo e advogando os pontos de prioridade, para que o Brasil esteja na vanguarda das negociações e compromissos que seguirão à Cúpula da ONU”, completa Marina. O CEBDS levará a pauta, entre outros eventos, ao Diálogo Nacional sobre Sistemas Alimentares organizado pelo Itamaraty no dia 14 de maio.O CEBDS levará a pauta, entre outros eventos, ao Diálogo Nacional sobre Sistemas Alimentares organizado pelo Itamaraty no dia 14 de maio.

O posicionamento será compartilhado com governo, a exemplo dos ministérios da Agricultura, Relações Exteriores e Cidadania, além de lideranças nacionais e internacionais de entidades como Consumer Goods Forum, Food Action Alliance, FAO Brasil, Embrapa, entre outras. O documento pode ser encontrado no site do CEBDS no LINK.

 

LISTA DAS EMPRESAS QUE ASSINARAM

Amaggi, Bayer, Carrefour, Ceptis, DSM, Ecolab, ERM Brasil, Grupo Sabará, I Care & Consult, JBS, Marfrig, Nestlé, Schneider Electric Brasil Ltda., SESC e Tozzini Freire Advogados.

 

Sobre o CEBDS

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) é uma associação civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento sustentável por meio da articulação junto aos governos e a sociedade civil, além de divulgar os conceitos e práticas mais atuais do tema. Fundado em 1997, reúne cerca de 60 dos maiores grupos empresariais do país, responsáveis por mais de 1 milhão de empregos diretos. Representa no Brasil a rede do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), que conta com quase 60 conselhos nacionais e regionais em 36 países e de 22 setores industriais, além de 200 grupos empresariais que atuam em todos os continentes. Mais informações: https://cebds.org/

 

Atendimento à imprensa
Approach Comunicação – cebds@approach.com.br

Christiane Ferreira – christiane.ferreira@approch.com.br – Tel: 13 9 9612 – 2001

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Últimas publicações

Últimas notícias