Cientistas afirmam que Sibéria ficará habitável após mudanças climáticas

O estudo realizado pela equipe do Centro Federal de Pesquisa de Krasnoyarsk, na Rússia, e o Instituto Nacional de Aeronáutica, dos EUA, publicado na Environmental Research Letters, afirma que grande parte da Rússia asiática, que tem 13 milhões de quilômetros quadrados e é responsável por 77% da área terrestre do país, pode se tornar habitável até o final do século 21.

“Queríamos aprender se as mudanças futuras no clima podem levar as partes menos hospitaleiras da Rússia asiática a se tornarem mais habitáveis ​​para os seres humanos”, comentou a principal autora do estudo, Elena Parfenova.

Saiba mais: https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2019/06/cientistas-afirmam-que-siberia-ficara-habitavel-apos-mudancas-climaticas.html

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.