ONU usa energia solar para levar água potável aos refugiados em Bangladesh

Os primeiros cinco sistemas de água potável movidos à energia solar operam em sua capacidade máxima nos acampamentos de refugiados rohingya, em Bangladesh. O sistema foi instalado pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) nos últimos seis meses. Os reservatórios ampliaram o abastecimento diário de recursos hídricos em acampamentos lotados. Com essa tecnologia a ACNUR espera realizar a ação humanitária “mais verde” e menos poluente.

Essas redes funcionam totalmente com eletricidade  gerada por painéis fotovoltaicos. As bombas motorizadas extraem água de tanques clorados, que têm capacidade de 70 mil litros. A água é canalizada para torneiras coletivas, que são instaladas em toda a área de do O campo de refugiados de Kutupalong. O objetivo da ACNUR é fornecer diariamente 20 litros de água limpa e segura para os refugiados.

Saiba mais: https://thegreenestpost.com/onu-usa-energia-solar-para-levar-agua-potavel-a-refugiados-rohingya/

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.