CEBDS e WBCSD reúnem empresários para planejar ação global para a sustentabilidade

Em jantar com a presença de dezenas de executivos, lideranças lançaram projeto para acelerar a transição para uma economia mais verde

O presidente do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD, na sigla em inglês), Peter Bakker, e a presidente do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Marina Grossi, se reuniram com presidentes e diretores de grandes empresas com atuação no Brasil para lançar a estratégia “De Dubai a Belém – e Além”. Trata-se de uma iniciativa que visa reunir o setor empresarial, em nível global, para a promoção do desenvolvimento sustentável nos próximos anos.

O evento ocorreu no dia 18 de outubro, após o Congresso Sustentável, em São Paulo, e contou com a participação de executivos que representam setores como mineração, finanças, cosméticos, agro e energia.

Durante o encontro, o empresariado foi chamado a construir uma estratégia única de atuação do setor produtivo em uma agenda global. Alguns pontos tratados foram a transição para sistemas alimentares mais justos, mercado de carbono, como aumentar a escala de soluções baseadas na natureza e blended finance.

“Nossa ideia é promover uma forte mobilização das companhias com atuação no Brasil, via CEBDS, e mundialmente, via WBCSD, para colaborar e impulsionar diretamente a transição para a economia verde, sobretudo nessa janela de oportunidade importantíssima entre a COP de Dubai, neste ano, e a de Belém, em 2025, mas também pensando em legados para os anos seguintes”, destaca a presidente do CEBDS. 

“De Dubai a Belém – e Além” promete ser um projeto robusto, sobretudo pela abrangência das instituições: o CEBDS tem mais de 100 associadas (cujos faturamentos somados equivalem a 50% do PIB brasileiro) e o WBCSD congrega cerca de 200 das maiores empresas multinacionais do planeta. Em conjunto, os conselhos somam mais de 5.000 empresas, representando um faturamento anual superior a US$ 8,5 trilhões.

“Sabemos que, se quisermos superar alguns dos desafios climáticos, precisamos de iniciativas que deixem um legado para vários anos. E este é um momento único em que podemos reunir o setor empresarial global para essa iniciativa. Precisamos de adesão e colaboração das empresas”, explica Peter Bakker. 

O encontro de lançamento do projeto contou com a participação das seguintes empresas: Bradesco; Braskem; Caramuru; Itaú; JBS; Mosaic; Natura; Neoenergia; Prumo Logística; Unilever; Vale; e Vibra Energia.

Confira entrevista exclusiva de Peter Bakker ao jornal O Globo na qual ele comenta sobre a estratégia: https://oglobo.globo.com/economia/noticia/2023/10/20/precisamos-de-adesao-e-colaboracao-das-empresas-para-a-transicao-a-uma-economia-verde-diz-peter-bakker.ghtml 

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Últimas publicações

Últimas notícias