Empresários pelo Clima – mensagens-chave e informações sobre a COP 26

Prezadas e prezados signatários do posicionamento Empresários pelo Clima,

 

Nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável, retratado no documento que assinamos, tem rendido muitos frutos e amplificado de forma consistente a visão do setor empresarial. Já somos 115 CEOs de empresas e 14 presidentes de entidades setoriais verbalizando nosso compromisso com o combate às mudanças climáticas e a necessidade de o Brasil adotar uma postura mais ambiciosa na próxima Conferência do Clima, a COP 26, que começa em pouco mais de uma semana.

Por isso, preparamos uma lista de mensagens-chave em relação ao nosso posicionamento, para que todos estejamos alinhados ao falarmos sobre o documento, seja em eventos, entrevistas ou compromissos já agendados na COP 26.

Trazemos também aqui a agenda de eventos com o CEBDS ao longo das duas semanas de conferência, um calendário que permanecerá em constante atualização. Além disso, você poderá conferir o programa oficial da Presidência da COP 26.

Aproveitamos esta comunicação para encaminhar uma prestação de contas com os resultados da divulgação que fizemos sobre o Empresários pelo Clima. Já foram mapeadas mais de 150 reportagens; reunimos aqui alguns dos destaques. Incluímos também um balanço das divulgações sobre a posição do CEBDS em relação ao Artigo 6 do Acordo de Paris, um dos temas que devem render mais debates em Glasgow.

Temos também o link para acessar o Guia dos CEOs, um documento de orientação com os principais pontos a serem discutidos na COP 26.

Daqui a alguns dias, estaremos envolvidos na COP da ação, como afirmou o presidente da conferência, Alok Sharma. É também a COP da ambição, e dela esperamos sair com acordos e decisões que guiem o planeta em direção ao desenvolvimento sustentável. Esperamos que este material contribua para a nossa participação nesse processo.

Boa leitura!

 

MENSAGENS-CHAVE – EMPRESÁRIOS PELO CLIMA

  • 115 empresas e 14 entidades já assinaram o posicionamento “Empresários pelo Clima”. A lista de signatárias engloba setores como agronegócio, alimentício, aviação, elétrico, farmacêutico, finanças, infraestrutura, logística, papel e celulose, petroquímico, saúde, tecnologia, telefonia e varejo;
  • Somando-se apenas as 51 companhias desse grupo que publicam seus resultados financeiros, o faturamento delas em 2019 foi de R$ 1,1 trilhão;
  • Nesse posicionamento, o setor empresarial reconhece sua responsabilidade na transformação para uma economia de baixo carbono;
  • O setor já está agindo no combate às mudanças climáticas, com medidas para a redução e compensação das emissões de gases do efeito de estufa, precificação interna de carbono, descarbonização das operações e cadeias de valor, investimentos em tecnologias verdes e metas corporativas ambiciosas de neutralidade climática até 2050;
  • O Brasil tem vantagens comparativas extraordinárias na corrida para alcançarmos uma economia de emissões líquidas de carbono neutras, valendo-nos dos nossos múltiplos recursos naturais e da capacidade de nosso povo;
  • Por isso, o país deve buscar o protagonismo nas negociações de clima, sob pena do enorme prejuízo ao setor produtivo e à sociedade brasileira;
  • Na COP de Glasgow, o momento é de ação. Um dos pontos centrais é que o Artigo 6 do Acordo de Paris seja plenamente regulamentado;
  • O pleno funcionamento desse artigo é estratégico para o Brasil, que será responsável por grande parte dos créditos negociados nesse mercado;
  • É preciso ainda adotar regras que possibilitem o desenvolvimento de mercados de carbono voluntário e regulado no Brasil;
  • Apoiamos a aderência a metas baseadas em conceitos científicos e práticas de transparência financeira, com a adoção de mecanismos de financiamento para a promoção da transição climática e o combate integral e inequívoco ao desmatamento ilegal da Floresta Amazônica e de outros biomas brasileiros;
  • Assim poderemos reafirmar nossa inserção internacional e construir um melhor legado ambiental, social e econômico, com menos desigualdades e melhores condições de vida, para essa e as próximas gerações;
  • A economia verde é boa para todos: para os brasileiros, para os negócios, para o país, para o planeta. Ela gera empregos e renda, melhora a qualidade do ar, faz melhor uso da água, reduz a poluição.

Confira aqui a íntegra do posicionamento Empresários pelo Clima: https://cebds.org/publicacoes/posicionamento-empresarios-pelo-clima/#.YXHOjRrMLDe

 

AGENDA NA COP 26

O CEBDS participará de eventos ao longo da duração da COP 26, seja organizando a atividade ou em parceria com outras instituições. Acesse aqui a nossa agenda e fique por dentro do que vai acontecer: https://cebds.org/agenda-do-cebds-na-cop26/.

Confira também o programa oficial da Presidência da COP 26: https://drive.google.com/file/d/1f_64n1nCPK_QrGoYUgp1_U9CYt8jmPiJ/view?usp=sharing.

 

RESULTADOS DE DIVULGAÇÃO

O posicionamento Empresários pelo Clima foi pauta de 155 reportagens. Veja aqui os destaques: https://docs.google.com/presentation/d/1gAkJVXLRwGss3qMORshW5_-4w8OnL23C/edit?usp=sharing&ouid=102046130572937727052&rtpof=true&sd=true

 

A nota técnica sobre o Artigo 6 do Acordo de Paris foi assunto em 99 matérias. Veja as principais: https://docs.google.com/presentation/d/1roig-CJ0TQtw2DfgDb647BUslNXArDkF/edit?usp=sharing&ouid=102046130572937727052&rtpof=true&sd=true

 

GUIA DOS CEOS

O Guia do CEO para a COP 26 traz conceitos sobre as mudanças climáticas, as metas e princípios contidos no Acordo de Paris, além de ressaltar os impactos da emergência climática e as oportunidades para o setor empresarial. Reforça a importância do engajamento das empresas na temática, para que apoiem a inserção do Brasil nessa nova realidade global.

Acesse o documento completo aqui.

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Últimas publicações

Últimas notícias