3 razões para implementar práticas sustentáveis na sua companhia

 

Muitos gestores ainda têm dúvidas sobre a necessidade de implementar práticas sustentáveis em suas empresas. Alguns pensam que não é tão imprescindível, enquanto outros argumentam que pode dar muito trabalho.

De fato, uma companhia sustentável requer um grande esforço de gestores e colaboradores. Trata-se, na verdade, de uma mudança de mentalidade na forma de executar os processos operacionais.

Nesse artigo, apresentamos 3 motivos para você implementar práticas sustentáveis em seu negócio e garantir seu lugar junto às companhias de vanguarda do mercado. Confira!

1) Os resultados de implementar práticas sustentáveis vêm a médio e longo prazo e a implementação requer tempo

Os resultados obtidos com as mudanças para processos sustentáveis não são rápidos. No primeiro momento, as alterações impactam o campo dos procedimentos da empresa e, posteriormente, seu caixa. Assim, é fundamental que a organização como um todo confie nessa implementação e compreenda que os frutos só serão colhidos no futuro se as ações forem implementadas de modo imediato.

Do mesmo modo, a inserção da cultura sustentável nos processos da empresa também requer tempo. A liderança e a equipe operacional da companhia precisam acreditar na ideia da sustentabilidade econômica com o mesmo entusiasmo. O trabalho de conscientização da direção costuma ser mais simples, já que estão mais habituados a tomar decisões, absorvendo melhor ideias que são tendência entre as grandes organizações.

A conscientização de práticas sustentáveis corporativas é mais difícil para os demais colaboradores, pois a rotina de trabalho, em muitos casos, não é adaptável à aplicação do que é ensinado em palestras e cursos de treinamento promovidos pela empresa sobre o tema.

Por isso, nesses casos, é fundamental que os colaboradores vejam seus líderes como modelos a serem seguidos e fiquem convencidos de que seus gestores realmente acreditam na necessidade dessa mudança. Somente um esforço integrado e simultâneo trará mudanças na cultura da empresa e nos processos operacionais.

2) Desenvolvimento sustentável também é otimização de recursos: a sua empresa consegue produzir mais gastando menos

O resultado operacional e financeiro oriundo de investimentos em práticas sustentáveis pode ser medido sobretudo a partir da gestão eficiente de recursos. É o caso, por exemplo, dos esforços em eficiência energética.

Eficiência energética consiste no conceito administrativo de produzir a mesma quantidade de trabalho, consumindo menos energia. Como se alcança isso? Na indústria, por exemplo, a eficiência energética é obtida por meio da troca de equipamentos antigos por máquinas e caldeiras de última geração, capazes de manter o nível de produtividade e economizar energia.

Existem também as formas mais conhecidas de gerir os recursos da empresa: diminuir o desperdício de água, usar lâmpadas led, informatizar dados para reduzir custos com papel, fazer compras coletivas, etc.

3) Empresas que aderem à causa entram em sintonia com a sociedade

A noção de que não existe mais espaço para empresas que preterem o lado ambiental em prol de aspectos econômicos e financeiros não é gratuita. Cada vez mais a sociedade cobra a participação ativa das instituições, selecionando as empresas com as quais está disposta a fechar negócio com base em valores que considera cruciais. A responsabilidade ambiental é um desses valores.

Ficar de fora dessa discussão não significa “economizar dinheiro que pode ser gasto com outros investimentos dentro da empresa”, mas perder a grande oportunidade de estar na vanguarda de um movimento sem volta e que, mais cedo ou mais tarde, será a única opção.

Junte-se ao clube das grandes empresas que já adotaram o modelo sustentável

A pressão não é só da sociedade. Grandes empresas em todo o mundo já perceberam a importância de recriar sua gestão corporativa a partir de três pilares principais: ambiental, financeiro e econômico. Por essa razão, é comum encontrar mega corporações que se associam a organizações que promovem o desenvolvimento sustentável nas empresas, caso do CEBDS, por exemplo.

Organizações como o CEBDS incitam a troca de ideias não só para propor soluções operacionais relacionadas à sustentabilidade, mas, também, para promover encontros com o setor público e gerar estratégias para levantamento de fundos entre as empresas associadas, por exemplo. A ideia é criar inteligência sobre o tema e permitir que as companhias possam mensurar os investimentos na área e aprender a verificar os resultados desse planejamento.

Sabemos que não é tão simples concluir o processo de implementação de práticas sustentáveis na sua empresa. Pode ser difícil projetar possíveis resultados de acordo com a capacidade de investimento e tempo disponível. Mas é para isso que estamos aqui.

Afinal, você consegue reconhecer a importância do desenvolvimento sustentável para a sua companhia? Tem enfrentado muitos desafios nessa implementação? Deixe o seu comentário para que possamos interagir e conversar. Temos a expertise de gigantes do mercado e podemos apresentar respostas para suas dúvidas!

cta_landing_page-v2

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.