Conselho de Líderes apresenta proposta ao Ministério dos Transportes

O Conselho de Líderes, iniciativa do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), apresentou ao Ministério dos Transportes o projeto desenvolvido dentro do tema de mobilidade sustentável. O projeto já havia sido levado este ano aos ministérios da Fazenda e do Meio Ambiente, em reunião de alto nível em Brasília, da qual participaram o então ministro Joaquim Levy e a ministra Izabella Teixeira.

Desta vez, a reunião com o Ministério dos Transportes, de caráter mais técnico, contou com a participação de representantes da Siemens, Alcoa, Syngenta e Vestas, e serviu para a apresentação do estudo desenvolvido com foco em transporte de cargas por malha ferroviária eletrificada, uma solução de baixo carbono com forte impacto no aumento de eficácia na logística de cargas e, consequentemente, na competitividade do país em diversos setores.

De acordo com Monica Guerra da Rocha, assessora da Gerência Institucional do CEBDS, o Ministério dos Transportes foi receptivo à perspectiva de desenvolver este estudo a quatro mãos, buscando o desenvolvimento de políticas públicas que atentem à sustentabilidade e à melhoria na eficácia do transporte de cargas, conciliando melhoria da mobilidade e sustentabilidade.

Durante o encontro, foram levantadas diversas questões associadas ao transporte de cargas, como o potencial de redução de emissões através da transferência do modal rodoviário para o modal ferroviário eletrificado na matriz de transportes, o potencial de aumento no volume de carga transportada pela opção por vagões de alumínio e o impacto que o setor de logística tem no país como um todo, com alto foco no transporte de alimentos.

Estima-se que 10% do preço final dos grãos que chegam à mesa dos consumidores, por exemplo, sejam representados por custos de transportes, devido à logística ineficaz. Os custos de transporte afetam significativamente a economia como um todo, impactando não só as empresas mas a competitividade do país. O Conselho de Líderes apresenta-se como espaço de diálogo entre os setores público e privado, em que poderão ser alavancadas propostas intersetoriais que apoiem o desenvolvimento sustentável.

Proposta reduziria emissões dos Transportes

O estudo sobre mobilidade que está sendo desenvolvido no âmbito do Conselho de Líderes apresenta as vantagens e impactos esperados pela expansão do modal ferroviário eletrificado, especialmente para transporte de carga. A eletrificação de ferrovias, especialmente devido ao mix energético favorável do Brasil, geraria emissões de gases de efeito estufa específicas muito menores quando comparadas ao diesel. O uso de alumínio na estrutura dos trens também seria parte da solução porque reduziria o peso dos veículos e contribuir para a economia de energia e emissões. Essa mudança tem potencial de reduzir as emissões da área de transportes de carga em 93%, considerando as projeções até 2050.

 

compartilhe:

Assine nossa newsletter

Informe seu e-mail e receba os nossos conteúdos. Respeitamos a privacidade das suas informações não compartilhando-as com ninguém.

Notícias relacionadas

Confira as notícias mais atuais e relevantes para ficar por dentro do que está em debate na agenda do Desenvolvimento Sustentável.

Publicações relacionadas

Quer se aprofundar ainda mais neste assunto? Confira aqui outras publicações relacionadas a esta mesma temática.

Eventos relacionados

Confira nossos próximos eventos relacionados a este tema e junte-se a nós para debater e compartilhar melhores práticas.