A importância da resiliência no sistema de alimentos

O CEBDS junto ao setor empresarial está empenhado em construir soluções sustentáveis para a cadeia do agronegócio, desde a produção até o consumidor final. Principal fonte de emissão de gases de efeito estufa (GEE) no país e uma das mais impactadas pelos efeitos das mudanças climáticas, a cadeia da agroindústria tem pela frente o gigante desafio de conciliar medidas de mitigação de GEE com o aumento da produção e oferta de alimentos para a população. Problemas fitossanitários, mudança na geografia dos cultivos, eventos extremos, como secas e tempestades, perda de polinizadores e mudanças abruptas do regime hídrico, são alguns dos efeitos práticos e locais das mudanças climáticas.

As mudanças climáticas representam um desafio sem precedentes para os governos, setor privado, academia e sociedade civil. O relatório divulgado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) foi taxativo: “mudanças sem precedentes” são necessárias para limitar o aumento médio da temperatura global da superfície terrestre a 1,5 graus Celsius. de Sistemas Resilientes de Alimentos, realizado no dia 27 de junho, em São Paulo, e que reuniu representantes de diversos elos da cadeia produtiva de alimentos.

Os riscos são alarmantes para a sobrevivência do agronegócio brasileiro. Nesse contexto, que a princípio soa desanimador, novas iniciativas buscam promover a inserção da inteligência climática, ou seja, como tornar o setor mais resiliente a mudanças climáticas, no setor de agricultura e alimentos com objetivo de aumentar em 50% a disponibilidade de alimentos nutritivos enquanto reduz em 50% as emissões de GEE. 

O que é Inteligência Agroclimática?

Coordenada pelo CEBDS, a Inteligência Agroclimática (IAC) promove uma adaptação das culturas frente às mudanças climáticas e busca reduzir as emissões de GEE, ao mesmo tempo em que desenvolve a resiliência e aumenta produtividade. É necessário garantir alimentos nutritivos para uma população crescente de mercados globais e hábitos pouco sustentáveis. Sendo assim, não apenas é necessário aumentar a produtividade, mas também reduzir perdas e desperdícios após a colheita, promover uma mudança de hábitos, repensar quadros regulatórios e incentivos econômicos, desenvolver uma base produtiva que gere impacto ambiental e social positivo e construir uma cadeia de valor para novos produtos da bioeconomia. Muito além do compromisso de reduzir as emissões da cadeia de alimentos, o CEBDS quer construir uma visão estratégica que desenvolva maior resiliência para o sistema. 

ONU pede mudanças na produção

With the world's population expected to reach almost 10 billion by 2050, a new UN report finds that the global food system must undergo urgent changes to ensure there is adequate food for everyone, without destroying the planet.

O “Relatório de Recursos Mundiais: Criando um Futuro Alimentar Sustentável” revela que enfrentar esse desafio exigirá o fechamento de três lacunas: uma “lacuna alimentar” de 56% entre o que foi produzido em 2010 e os alimentos que serão necessários em 2050; uma “lacuna de terra” de quase 600 milhões de hectares entre a área agrícola global em 2010 e a expectativa de expansão agrícola até 2050; e um “gap de mitigação de gases de efeito estufa” de 11 gigatoneladas entre as emissões esperadas da agricultura em 2050 e o nível necessário para atender o Acordo de Paris para o clima.

O documento foi Produzido pelo World Resources Institute em parceria com Banco Mundial, ONU Meio Ambiente, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e agências francesas de pesquisa agrícola CIRAD e INRA. O relatório apresenta soluções para reformular a forma como o mundo produz e consome alimentos de forma a garantir uma sustentabilidade para o sistema alimentar até 2050.

The report calls for significant adjustments in food production, as well as changes in population consumption. The actions range from the management of wild fishing to the amount of meat to be consumed. Provides policymakers, businesses, and researchers with a comprehensive roadmap on how to create a sustainable food system from farm to fork.

“Millions of farmers, businesses, consumers and every government on the planet will have to make changes to face the global food challenge. At every level, the food system must be linked to climate strategies, as well as ecosystem protections and economic prosperity,” said Andrew Steer, president and CEO of the World Resources Institute. “While the scale of the challenge is greater than imagined, the solutions we have identified have greater potential than many realize. There is reason to be hopeful that we can achieve a sustainable future in food.”

“The opportunity to transform the food system should not be ignored. Rewarding farmers for producing more diverse and nutritious food in a much more sustainable way will help increase their income and create jobs, build healthier societies, reduce greenhouse gas emissions and support the recovery of essential ecosystem services,” said Laura Tuck, Vice President of Sustainable Development at the World Bank.

“Technology will be one of the keys to the future success of the food system. There is no realistic potential to create a sustainable food future without major innovations,” said Tim Searchinger, senior researcher at WRI and lead author of the report. “We need more funding for research and development and flexible regulation to encourage the private sector to innovate.”

“The call to action in this report can be summarized in three words: produce, protect and prosper. These are not competing interests,” said Achim Steiner, UNDP administrator. “It is possible to produce more food with the same amount of agricultural land today, protect ecosystems, and do so in a way that ensures farmers and others can prosper. Creating a sustainable food future will not be easy, but it can be done.”

The new report contains the full findings underpinning the synthesis of creating a sustainable food future, which was launched in December 2018 at COP24 in Poland. Check out the full report here.

Share:

Sign up for our newsletter

Enter your email and receive our content. We respect the privacy of your information by not sharing it with anyone.

Related news

Check out the most current and relevant news to stay on top of what is being debated on the Sustainable Development agenda.

Related publications

Want to go deeper into this subject? Check here other publications related to this same theme.

related events

Check out our upcoming events related to this topic and join us to discuss and share best practices.