Comunidades na Amazônia começam a trocar diesel por fontes renováveis

Cerca de 500 mil famílias não são atendidas pelas distribuidoras de energia elétrica no Brasil, e a Amazônia concentra 70% delas, segundo dados do Ministério de Minas e Energia (MME). A energia solar é a maior aposta para as comunidades indígenas, ribeirinhas e extrativistas, que também contam com projetos de energia eólica e microcentrais hidrelétricas, que têm sido testados por ONGs.

Desde 2017, uma comunidade passou a ser atendida pela distribuidora Celpa, com a instalação de painéis fotovoltaicos em casas, escolas e postos de saúde da reserva extrativista Verde Para Sempre, no Pará.

“Antes, para conservar o peixe a gente colocava sal, mas isso dá hipertensão, né? Agora a gente pode pegar, armazenar, tomar uma água gelada. E só o fato de não ter que usar mais a lamparina, não precisar comprar mais combustível e não ouvir mais aquele barulho do gerador já é muito bom”, diz Margarida Ribeiro da Silva, líder comunitária da reserva Verde Para Sempre.

Know more: https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2019/03/comunidades-na-amazonia-comecam-a-trocar-diesel-por-energia-solar.shtml

Share:

Sign up for our newsletter

Enter your email and receive our content. We respect the privacy of your information by not sharing it with anyone.

Related news

Check out the most current and relevant news to stay on top of what is being debated on the Sustainable Development agenda.

Related publications

Want to go deeper into this subject? Check here other publications related to this same theme.

related events

Check out our upcoming events related to this topic and join us to discuss and share best practices.