Uma sociedade saudável requer um planeta saudável

O Presidente Brad Smith anuncia novo passo rumo a sustentabilidade para 2020 com enfoque na proteção e preservação da biodiversidade no mundo

A Microsoft tem se comprometido a estabelecer metas que agreguem cada vez mais nos esforços rumo a sustentabilidade. Em janeiro a empresa lançou a iniciativa de carbono da Microsoft, que consiste em tornar negativa a produção de carbono da empresa ainda nesta década. Apesar da crise do novo covid-19 estabelecer novos formatos de vida diária para todos, os problemas de sustentabilidade tornaram-se não menos urgentes ou importantes. É por isso que hoje, o presidente da Microsoft Brad Smith anuncia o segundo passo dado nos esforços de sustentabilidade para 2020, com foco na preservação e proteção da biodiversidade e saúde dos ecossistemas do mundo.

“Sempre que assumimos uma nova e complexa questão social, nos esforçamos primeiro para aprender e depois definir uma abordagem baseada em princípios para orientar nossos esforços. Isso foi fundamental para o nosso trabalho em torno da proteção da privacidade, do desenvolvimento ético da inteligência artificial, de nossos objetivos agressivos de carbono e de nossa abordagem à biodiversidade e aos ecossistemas. Hoje estamos adotando quatro princípios para orientar nosso trabalho para ajudar a alcançar as metas globais de biodiversidade.”, diz Brad Smith, diretor geral da Microsoft.

Quatro princípios adotados para orientar nosso trabalho para ajudar a alcançar as metas globais de biodiversidade:

  1. Coloque dados e tecnologia digital para trabalhar. Não podemos resolver um problema que não entendemos completamente. É por isso que vamos agregar dados ambientais de todo o mundo e colocá-los em prática através da computação e do aprendizado de máquina em um novo computador planetário.
  2. Capacite parceiros e clientes em todo o mundo. Usaremos o Computador Planetário para desenvolver e implantar a tecnologia digital que ajuda nossos parceiros e clientes na tomada de decisões ambientais em suas atividades organizacionais.
  3. Use nossa voz em questões de políticas públicas relacionadas ao ecossistema. Apoiaremos e defenderemos iniciativas de políticas públicas que medem e gerenciam ecossistemas em escala nacional e global.
  4. Assuma a responsabilidade por nossa pegada de terra. Assumiremos a responsabilidade pelos impactos ambientais de nossas operações diretas, protegendo mais terras do que usamos em 2025.

Colocando dados e tecnologia digital em funcionamento: O Computador Planetário

“Não sabemos o suficiente sobre espécies, biodiversidade e ecossistemas que são vitais para nossa saúde e prosperidade. Simplesmente entender onde estão as florestas, os campos e as vias navegáveis do mundo continua sendo uma tarefa assustadora da contabilidade ambiental. Compreender como as espécies chamam esses ecossistemas de lares ou por que prosperam ou declinam é amplamente desconhecido. Simplesmente não podemos resolver um problema que não entendemos completamente.”, diz Brad.

Alguns pontos sobre O Computador Planetário:

Este Computador Planetário forneceria insights sobre questões críticas que cientistas, organizações de conservação e empresas já fazem todos os dias, geralmente sem uma maneira fácil de obter uma resposta localmente relevante. Por exemplo:

  • Compreender a densidade das árvores, o uso da terra e o tamanho das florestas tem implicações na conservação da biodiversidade e na mitigação das mudanças climáticas. As organizações geralmente realizam pesquisas caras no terreno ou criam soluções personalizadas para entender as florestas locais. O Computador Planetário fornecerá imagens de satélite, ferramentas de aprendizado de máquina de ponta e dados contribuídos pelo usuário sobre os limites das florestas, a partir dos quais os gerentes florestais terão uma visão integrada da saúde das florestas.
  • Planejadores urbanos e agricultores dependem de previsões de disponibilidade de água e riscos de inundação para fazer suposições educadas sobre o gerenciamento da terra. O Computador Planetário fornecerá dados de satélite, medições locais de córregos e águas subterrâneas e algoritmos preditivos que capacitarão os planejadores e agricultores a tomar decisões baseadas em dados sobre os recursos hídricos.
  • As organizações de conservação da vida selvagem dependem de suas próprias pesquisas locais, visões globais das populações de animais selvagens e habitats adequados para a vida selvagem. O Computador Planetário combinará informações sobre tipos e ecossistemas de terrenos com os melhores dados disponíveis sobre onde as espécies vivem, permitindo que uma comunidade global de biólogos da vida selvagem se beneficie dos dados uns dos outros.
  • O combate às mudanças climáticas exige que as organizações meçam e gerenciem recursos naturais que sequestram carbono, como árvores, pradarias e solo. O Computador Planetário combinará imagens de satélite com IA para fornecer informações atualizadas sobre ecossistemas e fornecer uma plataforma para alavancar modelos preditivos para estimar estoques globais de carbono e informar decisões sobre o uso da terra que afetam nossa capacidade de lidar com as mudanças climáticas.

Leia o artigo completo na íntegra em nosso News Center para obter mais informações e consulte o Guia de compromisso da Microsoft com a sustentabilidadecompromisso da Microsoft com a sustentabilidade para mais informações.

Sobre a Microsoft

A Microsoft habilita a transformação digital na era da nuvem inteligente e da fronteira inteligente. Sua missão é empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. A empresa está no Brasil há 30 anos e é uma das 110 subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975. Desde 2003, a empresa investiu mais de R$ 600 milhões levando tecnologia gratuitamente para 3.191 ONGs no Brasil, beneficiando vários projetos sociais. Entre 2011 e 2017, a Microsoft já apoiou mais de 6.200 startups no Brasil, com investimento superior a US$ 219 milhões em créditos em nuvem.

 

Share:

Sign up for our newsletter

Enter your email and receive our content. We respect the privacy of your information by not sharing it with anyone.

Related news

Check out the most current and relevant news to stay on top of what is being debated on the Sustainable Development agenda.

Related publications

Want to go deeper into this subject? Check here other publications related to this same theme.

related events

Check out our upcoming events related to this topic and join us to discuss and share best practices.