17 Ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do BC defendem a importância da sustentabilidade

Por Kempson Cabral e Karen Tanaka 

A economia brasileira deve se guiar pelo desenvolvimento sustentável e seguir para um cenário de baixo carbono, recomendam o grupo de ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central brasileiro em uma reunião histórica realizada nesta quarta-feira (14/07).

Na ocasião, as autoridades lançaram a carta “Convergência pelo Brasil”, que traz as ações cruciais, incluindo zerar o desmatamento na Amazônia e aumentar a resiliência climática. Ela tem as assinaturas de Alexandre Tombini, Armínio Fraga, Eduardo Guardia, Fernando Henrique Cardoso, Gustavo Krause, Gustavo Loyola, Henrique Meirelles, Ilan Goldfajn, Joaquim Levy, Luiz Carlos Bresser-Pereira, Maílson da Nóbrega, Marcílio Marques Moreira, Nelson Barbosa, Pedro Malan, Persio Arida, Rubens Ricupero e Zélia Cardoso de Mello. A iniciativa tem o apoio do Instituto Clima e Sociedade e do Instituto O Mundo Que Queremos.

Para o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, “já passou a hora de falarmos sobre meio ambiente”. Ficou claro para este grupo que o desenvolvimento sustentável é indispensável para uma política econômica sólida e para a resiliência a longo prazo do país. “A crise da Covid-19 evidenciou a percepção da desigualdades e a necessidade do desenvolvimento sustentável. O Brasil tem que sair da posição que está hoje para uma posição de liderança”, diz Pérsio Arida, ex-presidente do Banco Central. 

Para Joaquim Levy, ex-ministro da Fazenda e observador do Conselho de Líderes do CEBDS, temos grandes vantagens para alcançarmos uma economia limpa. E é necessário ter clareza e haver confiança do investidor local e estrangeiro. 

Economia de baixo carbono 

A Carta aponta que se deve buscar uma economia de baixo carbono, com investimentos públicos e privados que apoiem a transição da economia brasileira para um padrão de emissões líquidas de carbono zero, indispensável para estabilizar a temperatura média global. 

Como bem lembrou Rubens Ricupero, ex-ministro da Fazenda, há uma movimentação governamental por maior ambição climática em alguns países e um rearranjo de negócios que considerem um futuro descarbonizado, a exemplo da União Europeia, que fixou 2050 como meta para se tornar carbono zero, e na Alemanha, onde já começam a fabricar apenas automóveis elétricos.” 

“Se o Brasil não se preparar para isso, chegaremos atrasados. Não podemos adiar a incorporação das tecnologias de vanguarda que nos levem para uma economia de baixo carbono”, afirmou Rubens Ricupero, ex-ministro da Fazenda.

Futuro sustentável 

São elencados quatro pontos necessários para que o Brasil insira o meio ambiente em sua política econômica: alcançar a economia de baixo carbono, zerar o desmatamento na Amazônia e no Cerrado, aumentar a resiliência climática e, por último, impulsionar pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias nesse mundo globalizado.

Somados a estes pontos, inclusão social e econômica, maior eficiência e produtividade nas atividades econômicas na região Amazônica, valorização e preservação da biodiversidade, adoção de mecanismos de negociação de créditos de carbono e pacotes de incentivos para a recuperação econômica dos efeitos da pandemia da Covid-19 são temas essenciais que constam em Comunicado do Setor Empresarial liderado pelo CEBDS com o apoio de um grupo de organizações e empresas. “Temos a oportunidade única, os recursos e o conhecimento para dar escala às boas práticas e, mais do que isso, planejar estrategicamente o futuro sustentável do Brasil”, diz o Comunicado.

Estamos testemunhando uma miríade de chamados públicos para que o governo e demais atores nacionais dêem atenção e prioridade às mudanças climáticas e a uma retomada verdadeiramente resiliente e verde. O Brasil tem o potencial de liderança sem igual, pois possui enorme riqueza em biodiversidade, florestas, recursos energéticos renováveis e limpos. 

As informações sobre a iniciativa Convergência pelo Brasil estão no site: www.convergenciapelobrasil.org.br

 

Share:

Sign up for our newsletter

Enter your email and receive our content. We respect the privacy of your information by not sharing it with anyone.

Related news

Check out the most current and relevant news to stay on top of what is being debated on the Sustainable Development agenda.

Related publications

Want to go deeper into this subject? Check here other publications related to this same theme.

related events

Check out our upcoming events related to this topic and join us to discuss and share best practices.